Kawasaki_Z7_Hybrid-1
Notícias

Kawasaki Z7 Hybrid: poder e economia na mesma moto

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 11/11/2023
  • Atualizado: 22/12/2023 às 10:01
  • Por: Willian Teixeira

Depois de remover os véus da Ninja 7 HEV, a Kawasaki aproveitou o EICMA para apresentar a Z7 Hybrid, versão naked da primeira motocicleta híbrida do mundo.

Assim como a esportiva, a naked combina dois motores: um bicilíndrico à combustão de 451 cm³ e 59 cv (o mesmo que equipa as novas Eliminator, Ninja e Z500) e outro elétrico de 9kW alimentado por uma bateria de íons de lítio de 48V, motores que podem funcionar de forma conjunta ou individual.

Ainda há três modos de condução na Kawasaki Z7 Hybrid – Sport-Hybrid, ECO-Hybrid e EV, sendo que cada um oferece respostas de potência diferente. Vale destacar que o último usa apenas o motor elétrico, mas com limitações de velocidade e autonomia.

Estes modos de pilotagem são os responsáveis por conceder poder e economia ao seu usuário, visto que com a devida utilização de ambos é possível pilotar com a performance de uma 1.000 ou com a economia de uma 250.

LEIA MAIS:

Bimota Tera, a primeira crossover sobrealimentada do mundo
Preços das Triumph 400 no Brasil partem de R$ 29.990
Kawasaki Z500 e Z500 SE: a saga continua

O condutor da Kawasaki Z7 Hybrid também pode escolher a transmissão, ou seja, pode optar pelo modo automático ou por engatar as marchas de forma convencional – sem embreagem – por meio de dois botões no punho esquerdo.

Quem quiser o máximo desempenho pode então ativar um botão no bloco direito e aproveitar o E-Boost por 5 segundos. Por fim, a Kawasaki Z7 Hybrid ainda possui o Walk Mode, função que faz com que a moto se mova sozinha, auxiliando o condutor na hora de estacioná-la.

Ela chega aos concessionários europeus da Kawasaki na primavera europeia do ano que vem, e os preços serão revelados futuramente.

Deixe seu Comentário

Conteúdo Recomendado

Comentários

[Fancy_Facebook_Comments_Pro language="pt_BR"]