Harley-Davidson_SportsterS_GustavoEpifanio.2
Especiais

Harley-Davidson conquista Moto de Ouro na categoria Custom

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 27/11/2023
  • Por: Willian Teixeira

A Harley-Davidson foi a grande campeã do Moto de Ouro na categoria Custom. Com a Sportster S, a lendária marca norte-americana levou o prêmio de uma das categorias mais queridas dos motociclistas na tradicional votação promovida por MOTOCICLISMO Brasil que conta com os votos de nossos leitores para escolher as marcas e motocicletas mais desejadas de nosso mercado.

Nesse sentido, a musculosa motocicleta da Harley-Davidson foi a escolhida de 22,6% dos votantes, superando concorrentes de peso como Ducati XDiavel S e Kawasaki Vulcan S, modelos que completam o top-3 da categoria Custom, com 19,1% e 14% dos votos, respectivamente.

Confira no vídeo a entrevista de Willian Teixeira, repórter da MOTOCICLISMO, com Christian Zittlaw, Marketing Lead da Harley-Davidson do Brasil, na entrega do troféu do Moto de Ouro conquistado pela Sportster S:

Segundo a Harley-Davidson, a Sportster S é o primeiro capítulo de um livro inteiramente novo dedicado à saga da Sportster, um legado criado em 1957 cujo desempenho superou o concorrência, agora recriado para detonar os padrões atuais. MOTOCICLISMO já teve a oportunidade de acelerar a máquina, e você confere algumas características dela nas próximas linhas.

André Nicolino, Christian Zittlaw e Felipe Arruda, da Harley-Davidson, com o troféu do Moto de Ouro da categoria Custom (Foto: Gustavo Epifanio)

Um de seus principais pontos altos é o novo motor Revolution Max – usina de 1.252 cm³, DOHC variável, refrigerada a água, capaz de entregar impressionantes 121 cv de potência e 12,95 kgf.m de torque máximo, números que lhe conferem uma impressionante performance nas arrancadas – e que claramente não tem nada a ver com as Sportster 883 ou 1200 que ficaram no passado.

LEIA MAIS:

Ducati Panigale V4 S vence categoria Esportiva do Moto de Ouro
Harley-Davidson Ultra Limited segue legado de máximo luxo e conforto
BMW fatura dois prêmios na 24ª edição do Moto de Ouro

O invocado propulsor também atua como principal membro do chassi, com a seção dianteira parafusada diretamente no cabeçote, eliminando assim o quadro tradicional onde o motor vai ancorado no chassi. A grosso modo, o próprio motor se faz de chassi, um projeto que reduz significativamente o peso da motocicleta e resulta em um conjunto muito rígido que contribui para uma condução mais precisa.

A imponente Sportster S (Foto: Gustavo Epifanio)
Deixe seu Comentário

Conteúdo Recomendado

Comentários

[Fancy_Facebook_Comments_Pro language="pt_BR"]