EPI_4585-Edit-1
Testes

Harley-Davidson Ultra Limited segue legado de máximo luxo e conforto

4 Minutos de leitura

  • Publicado: 25/11/2023
  • Por: Alexandre Nogueira

A Harley-Davidson Ultra Limited é a moto de turismo top de linha da marca americana, a mais pura quando o assunto é turismo, e é, indubitavelmente, considerada a rainha das estradas mundo afora.

Conhecida simplesmente como Ultra, não há como confundi-la, principalmente pelo seu tamanho enorme, e também pelo ronco do motor característico da arquitetura V-Twin.

O motor de dois cilindros em V de 114 polegadas cúbicas, ou 1.868 cilindradas, entrega um ótimo desempenho com um funcionamento mais suave e com menor índice de vibrações. Os cabeçotes são equipados com quatro válvulas, daí o nome Milwaukee Eight. Aprimoramentos no acerto da injeção eletrônica suavizaram o funcionamento do conjunto elevando o pico de torque para 16,6 kgf.m a 3.000 rpm e a cavalaria é por volta de 90 cv de potência a 5.020 rpm.

A Harley-Davidson Ultra Limited ficou muito mais atrativa com este novo motor Milwaukee-Eight, pois agora ele roda facilmente em rotações mais baixas, pois você roda a 60 km/h de quarta marcha com o motor a apenas 2.000 rpm, e é a partir desta faixa onde você mais nota o vigor do 114 polegadas cúbicas. E quando você torce o acelerador as respostas são bem mais animadas e com mais disposição para as ultrapassagens.

LEIA MAIS:

BMW fatura dois prêmios na 24ª edição do Moto de Ouro
Moto de Ouro: Bajaj Dominar 400, a eleita entre as Trail

Moto de Ouro: eis as campeãs da 24ª edição do prêmio

Nos motores menores como o 107 você precisaria de uma reduzida para baixo para obter uma resposta semelhante do motor. Você não precisa trabalhar o motor com reduções de marcha, o torque da moto agora faz isso por você e torna a Ultra ainda mais fácil e prazerosa de pilotar. Um acelerador eletrônico gerencia a injeção de combustível e disponibiliza controle de tração e piloto automático. Com o piloto automático ligado a 100 km/h na estrada consegui anotar um consumo de 18 quilômetros com um litro de gasolina.

O câmbio continua com engates pesados, mas por conta da nova embreagem não há mais aquele tranco característico ao engatar a primeira marcha para arrancar nos semáforos e os engates estão mais precisos. A nova embreagem deslizante significa que as trocas de marcha não resultam no travamento da roda traseira, e os novos cabeçotes refrigerados a líquido não fazem com que seus testículos se sintam em um micro-ondas quando se roda na cidade em baixas velocidades, mas ainda sobe um calor fora do normal alí.

Como padrão, a Ultra Limited vem equipada com um sistema de entretenimento chamado BOOM! BOX, com uma enorme tela LED colorida que controla um rádio digital, conexão Bluetooth e navegação por satélite. Na carenagem frontal há um pequeno compartimento ao lado direito com uma conexão auxiliar estéreo para seu telefone móvel que serve para recarregar seu aparelho, bem como conectá-lo ao sistema de som. É uma ótima configuração facilmente controlada pelos controles intuitivos tipo joystick em cada punho do largo guidão.

A suspensão dianteira Showa é uma grande melhoria, pois foi reforçada com válvulas e cartuchos maiores e mostrou maior progressividade no funcionamento. O garfo tem menos mergulho nas frenagens e em alta velocidade a Ultra está mais estável. As suspensões afundam menos quando a moto está totalmente carregada e em alta velocidade também. A qualidade de pilotagem é muito melhor e dá ao piloto uma maior sensação de confiança quando em uma curva, seja mais fechada e em baixa velocidade, bem como curvas mais longas em alta velocidade, o que, diga-se de passagem, eu adoro. A nova suspensão melhora definitivamente o conforto e a dirigibilidade, ampliando ainda mais o prazer ao pilotar na estrada.

Os freios Brembo Reflex não decepcionaram levando-se em conta os mais de 400 kg do conjunto, o ABS está muito bem calibrado e nem é possível notar ele atuando. Um regulador de pressão determina a quantidade de força para cada roda, independente da força que o condutor faça nos comandos, ajudando bastante nos dias de chuva já que o grip dos pneus não é dos melhores nesta condição e exige bastante cautela.

Conforto e recursos a Ultra Limited tem de sobra, o painel de instrumentos tem dois mostradores analógicos, de velocímetro e contagiros, e ainda um pequeno visor LCD com posição de marcha, odômetros e até indicador de pressão dos pneus. A tela TFT colorida sensível ao toque mesmo com luvas tem sistema Infotainment Boom! Box GTS com conexão Bluetooth, sistema de navegação e quatro auto falantes de alta definição.

As manoplas aquecidas com seis níveis são as melhores que já experimentei e as plataformas para os pés do piloto e garupa garantem conforto extra. A iluminação é LED apenas no farol principal e nos faróis auxiliares, a lanterna traseiras e as setas ainda usam lâmpadas convencionais, os três baús contam com acabamento acarpetado e a ignição se dá por uma chave com sensor de presença.

Pilotar uma Harley-Davidson Ultra Limited nunca é sobre o quão rápido você vai, mas sim sobre aproveitar ao máximo o passeio, algo que aprendi após 10 dias em poder de uma Ultra Limited só para mim. Apesar de seu tamanho e peso, uma vez que você fica confiante com a Ultra ela é fácil de pilotar e proporciona o máximo de conforto. Se você quer uma, pense em R$ 190.000.

Deixe seu Comentário

Conteúdo Recomendado

Comentários

[Fancy_Facebook_Comments_Pro language="pt_BR"]