Card image
Competições
MotoGP: Suzuki revela equipe para temporada 2019

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 04/02/2019
  • Atualizado: 04/02/2019 às 10:39
  • Por: Carlos Bazela

A Suzuki Ecstar revelou neste domingo a roupagem que usará na temporada 2019 da MotoGP. Nas cores, a GSX-RR permanece praticamente inalterada. Já no design, a larga entrada de ar na frente e as asas aerodinâmicas posicionadas logo abaixo da carenagem do para-brisa, deixaram o protótipo bem parecido com a Ducati Desmosedici GP do ano passado.

Os implementos também mostram que os cinco pódios conseguidos por Alex Rins na última temporada foram a prova que a marca precisava para descobrir que tem condições de estar entre as primeiras. E eles irão lutar por isso neste ano. “Os testes do final do ano passado nos deram uma direção importante e a minha expectativa é que estejamos em nível competitivo”, comenta o líder do projeto, Shinichi Sahara.

Suzuki, Suzuki Ecstar, MotoGP, Joan Mir, Alex Rins, apresentação, temporada 2019, GP do Catar, Mundial de Motovelocidade, motovelocidade, Ducati, Desmosedici GP, GSX-RR, moto, Ken Kawauchi, Shinichi Sahara

Veja também:
MotoGP: nova satélite da Yamaha revela suas cores
MotoGP: Repsol Honda faz 25 anos e mostra equipe
MotoGP: Veja a nova Ducati Desmosedici GP 2019

O chefão ainda comentou as melhorias na moto. “Nós temos trabalhado em diversos aspectos da GSX-RR e com a contribuição dos nossos pilotos, conseguimos melhorar o nível técnico do conjunto”, comentou Sahara. “Nós desenvolvemos um novo motor, chassi e fizemos algumas melhorias na eletrônica e também na carenagem. E esperamos que esse novo conjunto se prove efetivo”, reiterou Ken Kawauchi, diretor técnico.

Suzuki, Suzuki Ecstar, MotoGP, Joan Mir, Alex Rins, apresentação, temporada 2019, GP do Catar, Mundial de Motovelocidade, motovelocidade, Ducati, Desmosedici GP, GSX-RR, moto, Ken Kawauchi, Shinichi Sahara

Para 2019, a GSX-RR continua com Alex Rins ao guidão, que terminou a última temporada em quinto lugar. “Esse é um ano importante, porque, em 2018, nós mostramos que podemos lutar de forma consistente por um lugar no pódio. Agora é hora de ir em busca do prêmio maior: a vitória”, afirmou Rins. O espanhol ainda disse que o time sabe o que estava faltando na moto e confia que o departamento de P&D da Suzuki no Japão tenha efetuado todas as melhorias.

Ao lado de Rins, estará Joan Mir, que debuta na categoria principal do Mundial de Motovelocidade. “É claro que ainda preciso de mais horas na moto. Há muitas coisas que ainda preciso entender para ser mais efetivo, mas sinto-me muito apoiado pela equipe e conto com a experiência deles para melhorar”, comentou o piloto, que revelou não estar sob pressão. “Eu não tenho nenhuma pressão, mas meu objetivo é claro: terminar a temporada com uma pequena diferença para o vencedor”, finalizou Mir. A primeira corrida da temporada 2019 da MotoGP será o GP  do Catar, em 10 de março.

Suzuki, Suzuki Ecstar, MotoGP, Joan Mir, Alex Rins, apresentação, temporada 2019, GP do Catar, Mundial de Motovelocidade, motovelocidade, Ducati, Desmosedici GP, GSX-RR, moto, Ken Kawauchi, Shinichi Sahara Suzuki, Suzuki Ecstar, MotoGP, Joan Mir, Alex Rins, apresentação, temporada 2019, GP do Catar, Mundial de Motovelocidade, motovelocidade, Ducati, Desmosedici GP, GSX-RR, moto, Ken Kawauchi, Shinichi Sahara Suzuki, Suzuki Ecstar, MotoGP, Joan Mir, Alex Rins, apresentação, temporada 2019, GP do Catar, Mundial de Motovelocidade, motovelocidade, Ducati, Desmosedici GP, GSX-RR, moto, Ken Kawauchi, Shinichi Sahara