8
Testes

Honda XRE 300 Sahara: já testamos a nova moto no asfalto e na terra

5 Minutos de leitura

  • Publicado: 01/02/2024
  • Atualizado: 19/02/2024 às 8:27
  • Por: Alexandre Nogueira

A Honda do Brasil acaba de apresentar a nova XRE 300 Sahara, uma das motocicletas mais esperadas nos últimos anos que entra no lugar da nossa velha conhecida XRE 300, lançada em meados de 2009.

A nova XRE 300 Sahara é uma moto completamente nova e que utiliza o mesmo motor da nova CB 300 Twister, e também um novo chassi, este sim o grande trunfo para tornar a nova moto aventureira mais fácil de pilotar e com maior agilidade, além do visual que segue as motos aventureiras de grande cilindrada da marca da asa.

A convite da Honda do Brasil tivemos a oportunidade de testar a nova Sahara 300 em Recipe, primeiramente no CETH -Centro Educacional de Trânsito Honda- numa pista asfaltada e com um traçado sinuoso formada por cones, apenas para comprovar a maior facilidade na toccada e a ótima agilidade do conjunto. No dia seguinte partimos para a estrada para testar a competência da usina e também encaramos alguns trechos de terra e areia para comprovar a capacidade off-road da Sahara 300.

O motor da nova Sahara 300 é o mesmo que equipa a CB 300 Twister com a tecnologia bicombustível FlexOne. O monocilíndrico SOHC de 293,5 cm³ entrega 24,8 cv de potência a 7.500 rpm e 2,70 kgf.m de torque a 5.750 rpm quando abastecido com gasolina, e 25,2 cv de potência a 7.500 rpm e 2,74 kgf.m de torque a 5.750 rpm quando abastecido com etanol. Este novo motor é mais atento em baixas rotações e parece sempre bem disposto quando se acelera a fundo, seja a 50 km\h em meio ao trânsito, seja a 100 km\h na estrada para fazer alguma ultrapassagem.

LEIA MAIS:

Conheça 5 motos aptas a receber placa preta em 2024
Visão da Indústria: um 2024 de muito sucesso e trabalho
Diga SIM À MOTOCICLETA!

É notável a melhora nas respostas do acelerador, em contrapartida, mesmo sendo mais esperto, ele tem melhor aproveitamento e rendimento e, por isso, é também mais econômico em relação à XRE 300 anterior. Não pude fazer um teste preciso de consumo, mas a Honda alega uma média de 35 km\l na cidade. A relação de marchas também me pareceu bem escalonada, mas na estrada a sexta marcha poderia ser um pouco mais longa, para aumentar o conforto e também um pouquinho da velocidade final, que durante o teste cravou em 135 km\h.

O grande protagonista da Sahara 300 é o novo chassi, agora em berço semi duplo na parte superior, o que permitiu a instalação do tanque de combustível um pouco mais abaixo, melhorando o centro de gravidade, por isso você sente qua a moto é mais leve e mais ágil nas manobras. A balança traseira agora é de alumínio e os ajustadores da tensão da corrente facilitam o ajuste, pois agora só é necessário soltar a porca do eixo da roda traseira e fazer o ajuste com as mãos.

A suspensão dianteira conta com 225 mm de curso e a traseira conta com um novo amortecedor agora com sete regulagens, e pode ser feita facilmente com uma ferramenta apropriada que vem no kit de ferramentas da moto. As versões Standard e Rally pesam 147 kg e a versão Adventure pesa 2 kg a mais por conta da ferragem de proteção das carenagens frontais e do parabrisas maior.

Outro ítem que trouxe uma melhora bastante significativa à Sahara 300 são os novos pneus Metzeler Karoo Street, aro 21 na frente e 18 atrás, que, apesar de ser um pneu mais focado para o asfalto, tem um desenho bem propício para o fora de estrada e também faz muito menos ruído ao rodar nas estradas. No asfalto eles garantem um ótimo grip nas curvas, e na terra a sensação de segurança realmente foi elevada, transmitindo bastante confiança para encarar aquela viagem de final de semana até um sítio ou até aquela praia mais afastada e escondida.

O sistema de freios conta com ABS nas duas rodas, um disco único na dianteira casado com o disco único da traseira fazem um ótimo trabalho em quaisquer condições no asfalto ou na terra, com frenagens bastante moduláveis e com a pegada inicial bem suave. Mas basta acionar com um pouco mais de força as alavancas para garantir frenagens bastante potentes para segurar a Sahara nas altas velocidades. A pegada inicial suave proporciona confiança extra, pois é muito fácil gerenciar a força de frenagem conforme a condição do piso, o que favorece bastante a tocada no off-road, bem como nos pisos escorregadios ou nos dias de chuva.

O design da nova Sahara chega repaginado, com muita sofisticação e estilo, totalmente inspirado nas motos fora de estrada de grande cilindrada da marca da asa. Num primeiro contato você percebe uma moto maior, com a frente mais elevada, causando a impressão de maior porte. Agora o novo tanque de combustível de 13,8 litros fica escondido sob as carenagens, e foi essa solução que permitiu que o pessoal do design da Honda tivesse maior liberdade e criatividade para desenhar as formas modernas com ar de aventura da Sahara 300. Vale lembrar que o design da nova Sahara 300 é totalmente brasileiro.

Para fechar o pacote de tecnologia e sofisticação, a nova Sahara 300 vem equipada com iluminação totalmente em LED e o painel é digital em LCD do tipo Blackout e conta com indicador de marchas e computador de bordo, além do contagiros, velocímetro, trip total e parciais e relógio. Novidade também nos punhos do guidão, com o acionamento do farol alto no mesmo botão do lampejador, bem como o botão de partida junto com o botão de desligar o motor.

A nova XRE 300 Sahara chega em três versões, cada uma com sua cor característica de identificação. A versão Standard é cinza metálico fosco e custa R$ 27.090, a versão Rally é vermelha e custa R$ 27.690 e a versão Adventure, na cor bege metálico fosco, custa R$ 28.650 e vem equipada com protetores de carenagem e um parabrisas maior para enfrentar as estradas.

Para destacar ainda mais a nova máquina aventureira da marca, a Honda lança também uma linha de acessórios exclusivos para equipar sua Sahara 300, além de uma linha de jaquetas e capacetes inspirados em cada versão da nova Sahara 300.

Deixe seu Comentário

Conteúdo Recomendado

Comentários

[Fancy_Facebook_Comments_Pro language="pt_BR"]