Card image
Notícias
Salão Moto Brasil reúne mais de 80 mil no Rio

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 03/06/2019
  • Atualizado: 03/06/2019 às 18:28
  • Por: Willian Teixeira

Com mais de 80 mil visitantes durante sua realização, entre 30 de maio e 3 de junho, o Salão Moto Brasil reuniu mais de 500 marcas entre fabricantes de motocicletas, acessórios e capacetes no Parque Olímpico, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

O evento, que anteriormente era realizado no Riocentro, gerou mais de R$ 19 milhões em novos negócios, além de 800 empregos diretos e mais de 3 mil indiretos, de acordo com seus organizadores.

Veja também:
Saiba tudo sobre a versátil crossover Honda CB 500X
A importância da moto na mobilidade urbana
Opinião: afinal, por quê escolhemos a moto?

Uma das novidades do evento foi a adoção do conceito Outdoor Experience, ambiente aberto que permitiu maior interação entre o público e as atrações.

Para Glaucio Silva, consultor regional da Honda Motos, houve um retorno muito positivo do público que esteve presente no Salão Moto Brasil. “Tanto concessionários como clientes elogiaram muito o novo formato”, afirma.

Além da Honda, outras importantes marcas estiveram presentes no salão, como BMW, Harley-Davidson, Kawasaki, Suzuki, Triumph e Yamaha.

Os fabricantes levaram mais de 80 modelos e ainda tiveram a oportunidade de estreitar laços com novos clientes e efetuar vendas em seus estandes.

Solo sagrado de Jacarepaguá

O Parque Olímpico foi construído no local que abrigava o antigo autódromo carioca. Por conta disso, a organização prestou uma homenagem à Jacarepaguá, que além da F1, recebeu provas da Fórmula Indy, Stock Car e Moto GP.

O evento sediou a primeira etapa nacional do Flat Track, modalidade em circuito oval onde pilotos provam suas habilidades em motocicletas preparadas para correr em pistas de terra.

Moto também é arte

A quinta edição do Bike & Art Show também foi realizada durante o Salão Moto Brasil. Os trabalhos de 12 dos maiores customizadores de motos foi exposto durante a feira, inclusive com a realização de um concurso para eleger os melhores trabalhos.

No Júri Popular, quem levou a melhor foi Pedro Chernicharo, da BH 212 Vipe Design, localizada em Belo Horizonte. Já no Júri Técnico houve um empate entre Alessio Zomignani, da V2 Custom, de São Paulo, e Sebastian Rodríguez, da curitibana Dream Machines.

Próxima edição do Salão Moto Brasil

Para os organizadores, o evento foi considerado um sucesso. Tanto que uma nova edição já foi confirmada, e será realizada entre 28 e 31 de maio de 2020, também no Parque Olímpico.