Card image
Notícias
CEO da Ducati confirma Streetfighter V4

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 07/03/2019
  • Atualizado: 07/03/2019 às 15:12
  • Por: Carlos Bazela

A Ducati está realmente trabalhando em uma nova Streetfighter com o motor da Panigale V4 e a confirmação veio do próprio CEO da marca, Claudio Domenicali. Em entrevista ao site suíço AcidMoto, o chefão da casa de Borgo Panigale deixou bem claro que o modelo está a caminho e que não deve demorar para ser apresentado.

Durante a conversa com a publicação europeia, o CEO foi perguntado se haveria outros usos planejados para o motor Stradale, de quatro cilindros em V de 1.103 cm³, que debutou na superesportiva, como uma Streetfighter, por exemplo. A resposta de Domenicali foi com o característico bom humor do executivo: “Você acredita que a Ducati deveria produzir esta moto?”

O CEO da Ducati, Claudio Domenicali, confirmou a Streetfighter V4 em entrevista

Veja também:
V4 Penta é a moto que a Ducati deveria produzir
Ducati revela preço da Panigale V4 na Itália
Ducati apresenta três motos novas em Milão

Após a reposta positiva do AcidMoto, Claudio Domenicali bateu o martelo: “Então ela estará pronta assim que possível”. Com a conformação, a nova especulação não é mais de se, mas de quando a moto será lançada. Tendo o comentário dele como base, podemos cravar o debute pra novembro deste ano, durante o Eicma, o Salão de Milão, na Itália. Mas, pode ser que ela chegue ao mercado ainda antes.

A V4 Penta traz o farol da Ducati Diavel

No começo deste ano, os customizadores da OfficineGP Design criaram a Ducati V4 Penta, uma versão naked da Panigale V4 que dá uma boa ideia de como a nova Streetfighter da marca italiana poderá ser. Outras características que podemos esperar do vindouro modelo é que ela deverá vir nas versões Standard e “S”, essa última com suspensões ajustáves da Öhlins.

Também podemos esperar um motor ajustado para entregar algo acima de 200 cv, uma vez que a proposta da Streetfighter é justamente ser uma naked mais potente do que os modelos da família Monster. E toda a eletrônica já disponível no line-up da Ducati, como modos de pilotagem, controle de tração, câmbio quickshift para subir e descer marchas sem acionar a embreagem e ABS de atuação em curvas. Tudo sob a supervisão de uma Unidade de Medida Inercial (IMU).

a V4 Penta será feita em edição limitada

Fotos: Officine GP Design e Ducati