Card image
Especiais

Locadoras batem recorde de compra de motos em 2021

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 07/02/2022
  • Por: Willian Teixeira

O ano de 2021 registrou um novo recorde para o mercado brasileiro de motos: o de unidades compradas por locadoras. O setor encerrou o período com 19.393 motocicletas adquiridas, a maior compra anual da história deste tipo de veículo, segundo levantamento da Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA) com base nos números do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro). 

A pesquisa aponta o crescimento do segmento de delivery e a maior busca de usuários por modelos de alta cilindrada para viagens ou momentos de lazer como fatores responsáveis por essa alta. “A locação de motos deixou de ser apenas uma tendência para se transformar numa realidade”, diz Paulo Miguel Junior, conselheiro gestor da ABLA. 

Locadoras batem recorde de compra de motos em 2021

O levantamento da entidade mostra que a frota das locadoras saltou de pouco mais de 8 mil unidades no final de 2019 para 46.480 no final de 2021. O documento aponta que 90% das compras de locadoras foram de modelos de baixa cilindrada, voltadas a locações para trabalho.

Veja também:
Conheça as 20 motos mais vendidas em janeiro
Primeiras motos da aliança Triumph-Bajaj são vistas em teste
Pilote melhor e mais seguro com o programa RedRider da Honda

Neste segmento a liderança é da Honda, com 16.793 unidades, seguida pela Yamaha, com 1.351 motos. Já no nicho de alta cilindrada quem lidera é a BMW, que comercializou 388 motos para empresas do segmento. “Com o aluguel, o usuário também deixa de ter custo e trabalho com manutenção, documentação, seguro e outras despesas e responsabilidades que ficam por conta da locadora”, lembra o executivo da ABLA. 

Locadoras batem recorde de compra de motos em 2021

Evelyn Lima, gerente de marketing da locadora ROXMOTO, confirma que a procura continua em alta. Especializada na locação das chamadas “motos de luxo”, na comparação entre 2020 e 2021 a empresa viu seu faturamento subir em 92%. “Em número de clientes, fechamos 2019 com 389 contratos, crescemos para 434 em 2020 e encerramos o ano passado com 659 contratos”.

Deixe seu Comentário

Conteúdo Recomendado

Comentários

[Fancy_Facebook_Comments_Pro language="pt_BR"]