Card image
Competições
Márquez vence de ponta a ponta o GP da Espanha de MotoGP

4 Minutos de leitura

  • Publicado: 05/05/2019
  • Atualizado: 06/05/2019 às 7:06
  • Por: Leonardo Marson

Marc Márquez venceu neste domingo (5) o Grande Prêmio da Espanha, quarta etapa da temporada da MotoGP, disputada no circuito de Jerez – Ángel Nieto. O piloto da Honda assumiu a liderança ainda na largada, depois de sair da terceira posição, se viu pressionado por Franco Morbidelli nos metros iniciais. É a segunda vitória do pentacampeão da principal categoria do Mundial de Motovelocidade na temporada.

Marc Márquez

A segunda posição acabou nas mãos de Álex Rins, piloto da Suzuki que escalou o pelotão, terminando pouco mais de três segundos atrás de Márquez. O pódio foi completado por Maverick Viñales, piloto da Yamaha que suportou os ataques de Andrea Dovizioso, da Ducati, nas voltas finais da prova, relegando o italiano ao quarto lugar. Danilo Petrucci, com a outra Ducati oficial, foi o quinto.

Valentino Rossi fez ótima corrida de recuperação, saindo da 13ª colocação para terminar em sexto com a Yamaha, chegando logo à frente de Franco Morbidelli, que largou em segundo e pressionou Márquez nos giros iniciais, perdendo rendimento com a Yamaha da SRT. Cal Crutchlow, com uma Honda da LCR, acabou em oitavo, enquanto Takaaki Nakagami, seu companheiro de equipe, foi o nono. Stefan Bradl, com uma Honda, fechou o top-10.

Fabio Quartararo

Fabio Quartararo abandonou a disputa com problemas em sua Yamaha preparada pela SRT. O francês, que largou da pole position, caiu para a terceira posição nos metros iniciais, e avançou para o segundo lugar ao superar Morbidelli, começava a descontar a vantagem de Márquez quando viu sua moto falhar. Já Jorge Lorenzo teve uma corrida decepcionante, terminando apenas na 12ª posição com a Honda.

Após a realização do Grande Prêmio da Espanha, Marc Márquez retomou a liderança do campeonato da MotoGP, alcançando 70 pontos, apenas um a mais em relação ao segundo colocado, Álex Rins, que agora soma 69. Andrea Dovizioso aparece agora em terceiro, com 67, e é seguido por Valentino Rossi, quarto com 61. Danilo Petrucci fecha o top-5 com 41 pontos.

A temporada 2019 da MotoGP terá sequência no dia 19 de maio, com a realização do Grande Prêmio da França, prova que acontece no circuito de Le Mans.

Confira como foi a corrida

A prova começou com Marc Márquez tomando a primeira posição, enquanto Franco Morbidelli manteve a segunda posição. Fabio Quartararo despencou da primeira para a terceira colocação nos metros iniciais, sendo seguido por Maverick Viñales. Andrea Dovizioso pulou para o quinto lugar, ao passo que Valentino Rossi saiu da 13ª para a décima colocação.

Marc Márquez

Na abertura da terceira volta, Danilo Petrucci cometeu um erro e perdeu a sexta posição para Álex Rins, que partiu para uma corrida de recuperação com a Suzuki. Na frente, Márquez não conseguia abrir vantagem para Morbidelli, que seguiu pressionando o piloto da Honda, sempre acompanhado por Quartararo, que se mantinha próximo do companheiro de equipe.

Rins e Dovizioso passaram a trocar ultrapassagens a partir da quinta volta. O espanhol se aproveitava de uma moto mais equilibrada nas curvas, mas via o rival se valer do motor mais forte da Ducati. No giro seguinte, o piloto da Suzuki tomou definitivamente a quinta posição. Mais atrás, Francesco Bagnaia caiu com a Ducati da Pramac na curva 2 e abandonou a disputa em Jerez.

Álex Rins

Márquez começou a abrir vantagem sobre Morbidelli a partir da sétima volta, abrindo seis décimos em relação ao piloto da SRT Yamaha. Um pouco mais atrás, Rins se aproximou de Viñales para começar a brigar pela quarta posição. Na décima volta, o espanhol da Honda ampliou sua vantagem para 1s4, enquanto Morbidelli passou a segurar um pelotão que tinha Quartararo, Viñales e Rins.

Na 11ª volta, Quartararo superou Morbidelli para assumir a segunda posição, enquanto Rins conseguiu a ultrapassagem sobre Viñales para tomar a quarta colocação. Quem não apresentava um bom ritmo era Dovizioso, que mesmo com Morbidelli segurando os rivais, não conseguia se aproximar do pelotão que lutava pela terceira posição.

Fabio Quartararo

Quartararo ficou lento na pista na abertura da 14ª volta, enquanto tentava se aproximar de Márquez. Pouco depois, o francês abandonou a disputa em Jerez. Melhor para o pentacampeão, que viu sua vantagem na liderança aumentar muito. Neste momento, Rins superou Morbidelli para tomar a segunda colocação da prova. Na briga pela oitava posição, Jack Miller passou a pressionar Cal Crutchlow, chegando a superá-lo, mas tomando o X na sequência.

Com dez voltas para o final, Viñales deixou Morbidelli para trás, tomando a terceira colocação. No giro seguinte, foi a vez de Dovizioso passar pelo italiano da SRT Yamaha, tomando a quarta posição, sendo seguido por Petrucci, outro a deixar Morbidelli para trás. Márquez seguiu com boa vantagem sobre Rins, alcançando uma vantagem de 3s8 restando oito giros para o final.

Valentino Rossi

Veja também:
Baldassarri vence em Jerez na Moto2. Gardner sofre acidente
Antonelli vence prova agitada da Moto3 em Jerez
Veja o calendário 2019 do Mundial de Motovelocidade

Rossi tomou a oitava posição de Miller quando restavam sete voltas para o final da prova. Morbidelli seguiu sofrendo com a falta de ritmo de sua Yamaha, e acabou ultrapassado por Cal Crutchlow e Rossi, despencando para a oitava posição. O “Doutor” logo deixou o inglês da LCR Honda para trás, e alcançou a sexta posição na 20ª volta da prova. Na frente, Rins reduzia timidamente a vantagem para Márquez, que seguia na ponta.

Com cinco voltas para o encerramento da prova, Joan Mir abandonou a disputa, enquanto Dovizioso passou a pressionar Viñales pela terceira posição. Na abertura da penúltima volta, Miller caiu, abandonando a disputa. Na frente, Márquez seguiu tranquilo para vencer em Jerez, sendo seguido por Rins e Viñales.

Foto: MotoGP