Responsive Menu
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Yamaha mostra Ténéré 700 e confirma Niken em Milão

Autor: Carlos Bazela


A Yamaha também mostrou suas novidades antes do Salão de Milão começar. Em uma apresentação com ares futuristas, a marca dos três diapasões teve uma boa e uma má notícia para os presentes. São elas: a Ténéré 700 apareceu pela primeira vez em sua versão final, mas não foi oficialmente lançada no EICMA.

“Geralmente, nós não mostramos um protótipo, nós a testamos primeiro antes de exibir ao público. Mas, desta vez, a trouxemos para cá”, disse o CEO da Yamaha Motor Europa, Eric de Seynes ao exibir a moto. O executivo ainda anunciou que a nova aventureira fará uma turnê mundial por várias localidades do mundo onde há trechos off-road – incluindo América do Sul, antes de ser oficialmente lançada.

No visual, a moto traz as quatro lâmpadas no farol, semelhante ao conceito T7, e o porte robusto das linhas do tanque até a rabeta, que receberam acabamento em carbono. A carenagem que envolve o farol ainda é mais alta – como na Ténéré 660 – para acomodar equipamentos de navegação. Até o momento, somente o motor bicilíndrico de 689 cm³ foi confirmado como dado técnico, mas podemos esperar bastante eletrônica voltada para a aventura.  “Essa é absolutamente uma moto off-road”, comentou o CEO da Yamaha.  

Niken e renovações

Com a participação de Valentino Rossi, a Yamaha trouxe o Niken – revelado no Tokyo Motor Show – como grande lançamento. A marca confirmou a MT-09 Tracer como base, tanto no design quanto na motorização do novo triciclo e utilizou os esquiadores como exemplo para mostrar como funciona o sistema de inclinação das duas rodas dianteiras. (Leaning Multi Wheel).

O Niken traz então motor tricilíndrico de 847 cm³, embreagem assistida e câmbio com quickshift para mudanças de marcha mais fáceis, controle de tração, três modos de pilotagem e piloto automático para manter velocidades programadas. A Yamaha não divulgou o preço, mas ele deverá sair logo nos primeiros meses de 2018 somente no mercado europeu.

Entre as renovações, está uma bem-vinda versão SP da MT-09, com câmbio quickshift, suspensões ajustáveis Öhlins, sendo que o amortecedor traseiro é regulado remotamente. A moto ainda traz um esquema de cor que mescla azul e prata para identificar o “tratamento SP”.

A MT-07 também recebeu novidades, a carenagem e o tanque foram redesenhados, assim como o farol e a lanterna traseira para ficar mais esportiva. Fechando o pacote de novas versões estava a XTZ 1200ZE Super Ténéré Raid Edition, que é nada mais do que a versão mais equipada possível da maxitrail. Com eletrônica que vai desde controle de tração e piloto automático até ajuste eletrônico da suspensão, sem esquecer das malas laterais redesenhadas em alumínio de 37 litros cada.

Comentários