deus-yamaha-t7-7-motociclismoonline
Notícias

Yamaha Ténéré 700 customizada pela Deus Ex Machina resgata as raízes do Dakar

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 28/08/2021
  • Por: Alexandre Nogueira

A Yamaha Ténéré 700 é um grande sucesso e vem atraindo cada vez mais fãs com seu potencial indiscutível e mais que apropriado para encarar sem frescuras os desafios de jornadas aventureiras.

O legado Ténéré nasceu de uma legítima campeã, a Yamaha XT 500 de 1974 e vencedora das duas primeiras edições do Rally Paris Dakar, em 1979 e 1980, pilotada pelo piloto francês Cyril Neveu.

Veja também:
Usada da Vez: Honda Gold Wing é mais do que uma moto
Honda Africa Twin 2022 chega ainda mais aventureira
Testamos o novo pneu Pirelli Diablo Rosso IV

Portanto, pensar em uma customização para uma moto aventureira é realmente uma jogada ousada, mas o pessoal da customizadora Deus Ex Machina da Itália viu o potencial da novíssima Yamaha  T7 e teve coragem de abraçar a ideia, e criaram um conjunto totalmente novo do kit corporal para resgatar as origens da rainha mãe das grandes motos aventureiras da marca dos diapasões, a XT 600 Ténéré dos anos 1980.

A Deus Italia trabalhou com o Camal Studio para desenvolver o novo kit corporal usando um software 3D, para em seguida imprimir os moldes para moldar as peças finais em fibra de vidro, e assim poder montar um kit plug-and-play para os clientes interessados em modificar sua máquina em casa.

O novo  tanque volumoso sugere os tanques de “camelo” das motos do deserto da Yamaha de antigamente. Ele se encaixa sobre o tanque de combustível original da T7, e é fixado nos pontos de montagem existentes no chassi, perfeitamente alinhado com o bocal de abastecimento original, com uma nova tampa.

Na traseira, um novo paralamas envolvente com um design alongado que lembra a XT600 Ténéré dos anos 1980. O assento é personalizado e o farol, a lanterna traseira e o par de setas são em LED. Os protetores de mão são Acerbis e o kit é pintado com um impressionante grafismo branco e amarelo que é o toque perfeito da nostalgia clássica do Dakar.

Não havia necessidade de modificar a parte mecânica da Yamaha T7, mas a Deus Itália instalou um garfo Andreani que adiciona 30 mm no curso, e um novo mooamortecedor Öhlins fazendo o dever de casa na traseira.

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas mídias sociais!
– 
Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Deus adotou um sistema de escapamento especial da SC Project com ponteira de titânio e que agrega alguns cavalinhos a mais na usina e aumenta a adrenalina do piloto com um ronco bem nervoso. O último complemento é um par de pneus off road Metzeler Karoo Extreme, ampliando o visual agressivo e o legado da máquina.

Deixe seu Comentário

Conteúdo Recomendado

Comentários

[Fancy_Facebook_Comments_Pro language="pt_BR"]