V4 Honda
Notícias

Patentes de um novo motor V4 Honda são reveladas no exterior

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 07/07/2022
  • Por: Redação

A Honda continua patenteando sistemas para um novo motor V4 mundo afora, na intenção de criar um “coração” que reduza o consumo e a poluição. Ainda não sabemos para qual finalidade será este projeto, se para motocicletas de produção ou feitas para as pistas de corrida.

Rumores de que a marca japonesa estaria para lançar uma nova esportiva baseada na sua versão usada na MotoGP com o motor V4 correm há bastante tempo na imprensa estrangeira. No entanto, a chegada da CBR 1000 RR-R deixou dúvidas no ar, e pode ser que essa seria a última “1000 cilindradas” de quatro cilindros no mercado.

V4 Honda

No final do mês passado, a Honda registou no escritório de patentes da Alemanha uma novidade com comandos de admissão variáveis ​​e controladas por um motor elétrico, gerido por um dispositivo de acelerador eletrônico. A tecnologia patenteada é semelhante à já utilizada na Yamaha R1 e R6, ou seja, não é algo revolucionário.

Outra peculiaridade interessante é que a moto desenhada para esta patente se parece muito com uma Honda RC213V da MotoGP, só que com farol. Isto pode significar que o V4 Honda da atualidade ainda não tenha chegado ao fim da sua vida.

V4 Honda para uma SBK?

A possibilidade de desconectar um cilindro é usada há muito tempo pelos fabricantes de automóveis e também nas motos. Com isso, menos cilindros são usados ​​na cidade, o motor faz menos esforço e economiza combustível. Marcas como a Harley-Davidson e a Ducati têm experimentado essa possibilidade. O problema é que, apesar de cortar a injeção e a ignição, o oxigênio chega ao sistema de escape, o que pode afetar a capacidade de purificação dos gases.

A nova patente do Honda V4 permite que o motor funcione como um V2 em baixas rotações e trabalhar todos os quatro cilindros nos giros mais elevados. A patente sugere que os engenheiros da Gold Wing conseguiram garantir que o catalisador não seja afetado e que gases nocivos, como o monóxido de nitrogênio, não sejam produzidos.

O V4 funcionaria como dois cilindros em baixa velocidade, enquanto os quatro cilindros entrariam em ação. Este processo contém semelhanças com os já conhecidos V-Tec da VFR 800 que desapareceu do catálogo europeu com o Euro5. Já se sabe que a Honda tem um carinho especial pela configuração V4 usada há anos na MotoGP, mas, por outro lado, sabemos que uma motocicleta em configuração V4 é mais complicada (e cara) do que uma de quatro ou dois cilindros em linha.

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas mídias sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Então, o que será que a Honda está preparando? O mais provável é que os japoneses querem desenvolver um motor quatro cilindros em V capaz de alcançar melhores níveis de economia de consumo e emissão de gases nocivos.

É esperar para ver o que a fábrica nos reserva. Contudo, um motor que atenda aos protocolos de emissões e que ainda por cima contribua para reduzir o consumo seria bem interessante, não acha? Deixe seu comentário aqui pra gente!

Deixe seu Comentário

Conteúdo Recomendado

Comentários

[Fancy_Facebook_Comments_Pro language="pt_BR"]