Notícias
  • 26/07/2018
Ninja H2 vai tentar recorde de velocidade em Bonneville

A Kawasaki está disposta a provar que a sua superesportiva Ninja H2 é a moto mais veloz do mundo e, para isso, irá até um dos locais mais famosos do planeta: o deserto de sal de Bonneville, localizado no Estado norte-americano de Utah. A missão está a cargo dos japoneses do Team 38, que está preparando a moto especialmente para o desafio, como podemos ver no vídeo-teaser abaixo:

Equipada com um motor de quatro cilindros em linha de 998 cm³ arrefecido a líquido, a moto se destaca pelo supercharger integrado ao propulsor, que injeta uma dose extra de ar à mistura com a gasolina e criar uma sensação de velocidade acima do normal, semelhante aos motores turbo. A potência máxima no modelo atualizado de fábrica é de 215 cv já com o sistema RAM Air ativado, mas o quanto o moto utilizada pelo Team 38 pode gerar, ainda é mistério.  Assim como quais itens de eletrônica ainda foram mantidos.

Esta é a segunda vez que o Team 38 vai tentar bater um recorde de velocidade no deserto de sal. A primeira foi há dois anos e com a versão mais potente da superbike, a Ninja H2R. “Agora vai ser com a Ninja H2”, disse o piloto de testes sênior, Shigeru Yamahshita. O piloto comenta ainda a empolgação da equipe na primeira vez que estiveram em Bonneville. “Nós passamos de ‘Uau, nós estamos aqui finalmente’ para ‘Uau, nós estamos sem aderência’”, brinca ele, sem esconder a vontade de entrar para a história. “Eu gostaria de estabelecer um recorde mundial”, finaliza. Será que eles vão conseguir? Vamos saber em 11 de agosto.