Card image
Notícias
Indian registra nome Raven para nova moto

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 20/12/2018
  • Atualizado: 20/12/2018 às 18:30
  • Por: Carlos Bazela

Indian, Raven, moto, custom, naked, FTR 1200, Scout, Scout Sixty, Buell, Indian Motorcycle, HP2 Sport, R nineT, Streetfighter 975, Harley-Davidson, BMW, Ola Stenegärd, Steve Menneto, motociclismo, Revista Motociclismo, Motociclismo Online, Grupo Polaris, V2

A Indian registrou nesta semana o nome Raven – corvo em inglês – para uma nova moto em escritórios de patente situados na Europa e nos Estados Unidos e isso levantou uma série de especulações na imprensa internacional. O mais lógico, dado o histórico da marca, é que venha uma cruiser ou uma touring de carenagem robusta e, provavelmente, pintada de preto para fazer valer o nome.

Entretanto, uma declaração de Ola Stenegärd, novo diretor de design da marca, ao periódico inglês MCN pode significar que algo muito diferente vem por aí. “Uma esportiva é provavelmente o melhor jeito de inovar, porque a indian nunca fez uma antes. Não há um legado a seguir, um modelo icônico do passado para se usar de referência, mas talvez, usando um V-Twin você entra naquele território no qual o motor é o legado”, comentou.

Ola Stenegärd, Indian, designer, motos, retro, clássica, custom, FTR 1200 custom, BMW, Indian Motorcycle, R nineT, S 1000 RR, Motociclismo, Revista Motociclismo, Motociclismo Online, Scout Bobber, Scout, Polaris

Veja também:
Indian revela finalmente as duas versões da FTR 1200
Indian contrata designer que criou a BMW R nineT
Indian Motorcycle encerra atividades no Brasil

Vale lembrar que, antes de voltar à Indian, na qual trabalhou antes do Grupo Polaris assumir a gestão, Stenegärd trabalhava no departamento de design da BMW e, além de ter ajudado a criar a R nineT, foi um dos responsáveis pelo projeto de duas esportivas da marca bávara: a HP2 Sport e a S 1000 RR. Aliás, a própria contratação dele pela fabricante norte-americana foi feita com o objetivo de “sair da caixa”.

Indian Motorcycle, Indian FTR 1200, FTR 1200, FTR 1200 Custom, moto, flat tracker, flat track, FTR 750, EICMA, Salão de Motos de Milão, Salão de Milão, Scout, Bobber, V2, custom, Scout Bobber, Estados Unidos, América do Norte, Brasil, França, Wheels &Waves, Scrambler, café-racer, Scout Sixty, Polaris, Speedmaster, Triumph, T120, Bonneville, clássica

“Ola tem sido incrivelmente bem-sucedido em criar novas categorias de produtos para as marcas que sejam atrativas para uma variedade mais ampla de motociclistas, que é exatamente no que a Indian está focada nos próximos anos”, disse Steve Menneto, presidente da Indian Motorcycle, quando contratou o designer. Então, a Indian seguir os passos da Buell não é algo a ser descartado.

Outros rumores sobre a nova Raven – e que também têm fundamento – é que ela pode ser uma versão um pouco menor da recém-lançada FTR 1200, equipada com o V2 de 1 000 cm³ da Scout Sixty. E há também quem diga que a marca vai se aventurar no segmento naked esportivo, já pensando em uma rival para a futura Harley-Davidson Streetfighter 975, que está prevista para ser lançada em 2020.

Indian Motorcycle, Indian FTR 1200, FTR 1200, FTR 1200 Custom, moto, flat tracker, flat track, FTR 750, EICMA, Salão de Motos de Milão, Salão de Milão, Scout, Bobber, V2, custom, Scout Bobber, Estados Unidos, América do Norte, Brasil, França, Wheels &Waves, Scrambler, café-racer, Scout Sixty, Polaris, Speedmaster, Triumph, T120, Bonneville, clássica