Card image
Especiais

Coluna do Raul: Raio X do motociclismo na Espanha!

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 12/11/2023
  • Por: Redação

Na Coluna do Raul deste mês mostraremos um estudo sobre o mercado de motos na Espanha que revela pontos importantes para as autoridades e usuários

O mercado de motocicletas continua acelerando forte! Estudo de Mobilidade de Motocicletas 2023 feito pela Associação Espanhola dos Fabricantes de Motocicletas revela que 45% das pessoas planejam comprar uma motocicleta em menos de um ano.

Os motivos? Busca por uma motocicleta mais atual e com tecnologia mais moderna (23%), um modelo novo (18%) e uma com mais potência (18%) são, nesta ordem, as três principais razões.

LEIA MAIS:

Dados importantes na Coluna do Raul

De acordo com esse relatório anual, em 2023, 67% dos que conduzem uma motocicleta de alta cilindrada opta por motos on-road, 20% por scooter e 13% por uma moto off-road. A distância média anual percorrida pelos motociclistas em 2023 é de 6.071 quilômetros, um pouco mais que os 5.960 quilômetros do ano passado.

Sete em cada dez motociclistas percorrem entre dois e dez mil quilômetros por ano e apenas dois em cada dez (18%) conduzem mais de dez mil quilômetros anualmente. De fato, a duração mais comum da viagem é entre 20 e 40 minutos (35% dos motociclistas), enquanto aqueles que utilizam a moto para viagens muito curtas, inferiores a 20 minutos, representam 21%.

Do outro lado da balança, 29% confessam que utilizam a motocicleta para viagens com duração superior a uma hora. Quatro em cada dez motociclistas fazem viagens de menos de 30 quilômetros de distância, em comparação com três em cada dez que percorrem mais de 30 quilômetros diariamente.

O uso de motos é outro dos aspectos mais interessantes da pesquisa, pois 44% a utilizam diariamente, enquanto o uso ocasional cai para 28% (era 32% em 2022). Por sua vez, a prática do mototurismo cresce cinco pontos em 2023: de 60% no ano passado para 65% este ano.

Siga a MOTOCICLISMO nas redes:
Instagram | Facebook | Youtube 
Twitter | GoogleNews

Finalizando

A segurança ao pilotar é uma grande preocupação dos motociclistas. Presença de outros veículos na via, conservação do asfalto inadequada são os principais destaques dos entrevistados com total de 48% e 37% respectivamente.

A motocicleta subiu de conceito em comparação à pesquisa do ano passado, veja: ela é considerada mais segura por 52% dos motociclistas (eram 48% em 2022), rápida (99%) e confortável (93%).

Um dos quesitos mais importante em tempos de alta no preço da gasolina foi a percepção de economia da moto com 62% dos entrevistados afirmando isso (16% a mais que em 2022). Outra nota interessante é que 87% dos pesquisados aprovam o uso da faixa de ônibus para o aumento da segurança.

Comparativo: Kawasaki Z650 versus Yamaha MT-07

Por outro lado, é interessante destacar o crescente conhecimento dos entrevistados sobre as restrições ambientais. Se no ano passado 74% dos motociclistas afirmaram ter conhecimento destas restrições, este ano subiu três pontos para 77%.

Contudo, quase nove em cada dez (86%) estão convencidos de que os carros poluem mais que as motos. E por último, uma nota: o motociclista na Espanha continua a ter uma percepção negativa em relação a outros meios de transporte: 63% consideram que a moto é discriminada em relação a outros veículos!

Raul Fernandes Jr. é especialista em mercado de motocicletas, presidente da AssoRoyal (Associação dos Revendedores Royal Enfield do Brasil), sócio do Grupo 2W Motors e ex-diretor de redação da revista MOTOCICLISMO Brasil.

Deixe seu Comentário

Conteúdo Recomendado

Comentários

[Fancy_Facebook_Comments_Pro language="pt_BR"]