Desmosedici-GP-_1__UC362244_Mid
Competições

MotoGP: Ducati surge com novo tom de vermelho para 2022

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 08/02/2022
  • Por: Willian Teixeira

Com alguns dias de atraso, a Ducati revelou sua moto para a temporada 2022 da MotoGP. O evento estava originalmente programado para o final de janeiro, mas precisou ser adiado após Jack Miller testar positivo para Covid-19 e ser impedido de deixar a Austrália para se juntar ao time italiano na Europa. 

Em 2021 a Ducati parte para sua 20ª temporada seguida na MotoGP e terá em sua pintura, assinada por Aldo Druidi, o mesmo tom de vermelho das Ducati das ruas, mesclando alguns poucos detalhes em preto e branco. 

Confira mais lançamentos da MotoGP para 2022
Gresini RacingRNF RacingKTM e Tech3PramacYamahaSuzuki

“Pela primeira vez na MotoGP vamos usar o mesmo vermelho das Ducati de rua, é um testemunho do vínculo cada vez mais estreito entre as motos que desenvolvemos para corrida e aquelas que todo Ducatista pode comprar”, comenta o CEO da Ducati, Claudio Domenicali. 

Juntos por mais um ano, o italiano Francesco Bagnaia e o australiano Jack Miller terão como missão manter a boa fase da marca na categoria rainha do Mundial de Motovelocidade, visto que a Ducati é a atual campeã de construtores e equipes, e disputar o título de pilotos, que não vem desde 2007, com Casey Stoner. Por mais uma temporada a marca de Borgo Panigale terá o apoio do piloto de testes Michele Pirro no desenvolvimento de sua Desmosedici GP 22.

Ducati
Michele Pirro (Divulgação)

Vice-campeão em 2021, Bagnaia chega entre os favoritos ao título de 2022, e possui quatro vitórias nas últimas seis corridas do ano passado como credenciais que o colocam entre os postulantes ao caneco. “Terminamos 2021 em alta e em 2022 espero continuar de onde paramos no ano passado. Eu e minha equipe crescemos muito desde então e sinto que podemos fazer grandes coisas juntos”, comenta o piloto italiano. 

  • Ducati
  • Ducati
  • Ducati

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas redes sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Já Miller, que terminou o campeonato passado em 4º, diz querer conquistar mais do que obteve em 2021. “Me sinto pronto para enfrentar esta nova temporada. Ter mais um ano de experiência na MotoGP me faz sentir mais forte e sinto que melhorei muito, tanto fisicamente quanto mentalmente”, finaliza o piloto australiano. 

  • Ducati
  • Ducati
  • Ducati
Deixe seu Comentário

Conteúdo Recomendado

Comentários

[Fancy_Facebook_Comments_Pro language="pt_BR"]