Card image
Competições
MotoGP: Ducati é a melhor em três dias de Sepang

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 11/02/2019
  • Atualizado: 11/02/2019 às 19:20
  • Por: Carlos Bazela

Na última sexta-feira, 08, terminaram os treinos da pré-temporada da MotoGP no circuito de Sepang e quem se deu melhor foi a Ducati. Os quatro melhores tempos não só da sexta-feira, mas das três sessões realizadas no autódromo da Malásia foram marcados pelos protótipos marca italiana.

O destaque ficou para Danilo Petrucci, da Mission Winnow Ducati, que cravou o melhor tempo (1:58.239), novo recorde da pista. Na sequência, vieram os dois pilotos da satélite Alma Pramac Racing, Francesco Bagnaia e Jack Miller. Fechando o quarteto, tivemos Andrea Dovizioso, companheiro de Petrucci no time de fábrica italiano.

Ducati, Mission Winnow Ducati, Alma Pramac Racing, Marc Marquez, Repsol Honda, Ducati, moto, MotoGP, Mundial de Motovelocidade, Honda, Yamaha, Monster Energy Yamaha, Andrea Dovizioso, Danilo Petrucci, Maverick Viñales, Alex Rins, Valentino Rossi, YZR-M1, GSX-RR, Suzuki, Suzuki Ecstar, Sepang, Malásia, Losail, Catar, treino, pré-temporada, motociclismo, Motociclismo Online, Revista Motociclismo, VR 46

Veja também:
MotoGP: Marc Marquez lidera treinos de Sepang
MotoGP: Veja a nova Ducati Desmosedici GP 2019
MotoGP: Yamaha de fábrica vem de azul e preto em 2019

Petrucci ainda comentou que o objetivo era realmente testar as tolerâncias da moto. “Estou muito feliz, principalmente com a simulação de corrida, em como foi nosso desempenho em uma condição de temperatura alta, esse era o nosso principal objetivo”. Sobre a marca atingida, brincou: “Eu fiz somete uma tentativa de manhã e foi muito, muito rápido. Eu não acreditei, achei que estava errado”, disse. O desempenho do piloto, que faz sus estreia no time de fábrica nesta temporada, não só mostrou que ele será competitivo em 2019, como a Ducati parece ter acertado nas asas aerodinâmicas da nova Desmosedici GP, apresentada recentemente.

Ducati, Desmosedici GP, Andrea Dovizioso, Danilo Petrucci, moto, Mission Winnow, Mundial de Motovelocidade, motovelocidade, corrida de moto, Borgo Panigale, Claudio Domenicali, Luigi Dall’Igna, Brembo, Öhlins, Marchesini, Catar, Sepang, Losail, Phillip Morris, Jorge Lorenzo, Ducati Corse   

Quem também se destacou em Sepang foi Maverick Viñales, da Monster Energy Yamaha. Além de marcar o melhor tempo do segundo dia de testes (1:58.897), o piloto espanhol conseguiu ser o quinto melhor dos três dias, baixando a marca para 1:58.644. Já Valentino Rossi, que comemora 40 anos, dia 16 de fevereiro, foi o décimo colocado na classificação geral do treino. Marc Marquez, da Repsol Honda, foi o décimo-primeiro e, por coincidência do destino, celebra seus 26 anos um dia depois do VR 46.  A MotoGP segue para os testes do Catar no fim do mês e já fica por lá para a primeira corrida, em 10 de março.

Fotos: Ducati