Responsive Menu
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

MotoGP, Franco Morbidelli, Valentino Rossi, Jorge Lorenzo, Andrea Dovizioso, Marc Márquez, Dani Pedrosa, Mundial de Motovelocidade, Revista Motociclismo, Motociclismo Online, Motociclismo, Catar, Losail, Eric Granado, Tailândia, Buriram

MotoGP está de volta neste domingo

Autor: Carlos Bazela


MotoGP, Franco Morbidelli, Valentino Rossi, Jorge Lorenzo, Andrea Dovizioso, Marc Márquez, Dani Pedrosa, Mundial de Motovelocidade, Revista Motociclismo, Motociclismo Online, Motociclismo, Catar, Losail, Eric Granado, Tailândia, BuriramPara a alegria dos fãs de motociclismo, que já não estavam sabendo mais como passar um domingo sem uma corrida de motos para assistir, a temporada 2018 do Mundial de Motovelocidade está de volta no próximo domingo, 18.

E este ano promete ser ainda mais incrível que o duelo Marc Márquez, da Honda e Andrea Dovizioso, da Ducati, que decidiram o título de 2017 praticamente nas últimas voltas, além da estreia de novos pilotos, uma nova etapa no calendário e até piloto brasileiro de volta ao Mundial. Sendo assim nós elaboramos um guia com alguns fatos importantes da pré-temporada e um calendário para você relembrar e curtir ainda mais o campeonato 2018 até a última bandeirada. Confira!

MotoGP, Franco Morbidelli, Valentino Rossi, Jorge Lorenzo, Andrea Dovizioso, Marc Márquez, Dani Pedrosa, Mundial de Motovelocidade, Revista Motociclismo, Motociclismo Online, Motociclismo, Catar, Losail, Eric Granado, Tailândia, BuriramAs mudanças na Tech3

A Yamaha Tech 3 é uma das equipes que mais está chamando a atenção na pré-temporada deste ano. E nem sempre por bons motivos. Tudo começou quando o piloto Jonas Folger revelou que não iria competir nesta temporada e permaneceria afastado das pistas para tratar de uma variante rara da Síndrome de Gilbert, doença que impede o fígado de realizar plenamente suas funções.

Como o anúncio veio uma semana antes da equipe começar os trabalhos deste ano, a equipe dirigida por Hervé Poncharal entrou em uma corrida contra o tempo para achar um substituto para dividir o box e alinhar no grid com Johann Zarco. O eleito foi o malaio Hafizh Syahrin, de 23 anos e oriundo da Moto2. “Estou incrivelmente feliz com a notícia de irei pilotar para a Yamaha Tech 3 em 2018. Quero agradecer a todos por me darem essa oportunidade fantástica de competir em uma temporada inteira da MotoGP”, disse Syahrin.

Tudo parecia resolvido para a equipe até vir o anúncio, nas últimas semanas de fevereiro, de que a equipe está desfazendo seus laços com a Yamaha para a próxima temporada, encerrando uma parceria de 20 anos. “A Tech 3 é uma pequena empresa, que precisa decidir sobre seu futuro e pesar diferentes opções. Nos ofereceram um contrato, que inclui algo que sempre quisemos desde que começamos a equipe e eu não tive como dizer não”, disse o gerente de equipe, Hervé Poncharal, que fechou com a KTM para 2019.

MotoGP, Franco Morbidelli, Valentino Rossi, Jorge Lorenzo, Andrea Dovizioso, Marc Márquez, Dani Pedrosa, Mundial de Motovelocidade, Revista Motociclismo, Motociclismo Online, Motociclismo, Catar, Losail, Eric Granado, Tailândia, BuriramTailândia entra no calendário

Em agosto do ano passado foi oficializada a inclusão da etapa da Tailândia no calendário do Mundial de Motovelocidade. Localizado a 410 quilômetros da capital Bangkok, o autódromo da província de Buriram – que significa “cidade da felicidade” no idioma local, já recebeu competições do Campeonato Mundial de Superbike. O traçado de 4,6 km de extensão conta com 12 curvas ao todo, sendo sete para a direita e cinco para a esquerda.

Segundo local oficial de testes da pré-temporada, em fevereiro deste ano, Buriram tem suas particularidades. “O circuito é bem estreito, então é importante usar as linhas certas e tomar cuidado com a velocidade”, comentou Dani Pedrosa, da Honda, que fechou os treinos oficiais da pista em primeiro lugar, no mês passado. O autódromo tailandês voltará a receber as máquinas e pilotos do Mundial na primeira semana de outubro.

MotoGP, Franco Morbidelli, Valentino Rossi, Jorge Lorenzo, Andrea Dovizioso, Marc Márquez, Dani Pedrosa, Mundial de Motovelocidade, Revista Motociclismo, Motociclismo Online, Motociclismo, Catar, Losail, Eric Granado, Tailândia, BuriramAos 39, Rossi longe da aposentadoria 

A temporada 2018 é a vigésima terceira do piloto italiano Valentino Rossi. Aos 39 anos, ele coleciona o invejável montante de nove títulos mundiais em diferentes categorias e continua competitivo. No ano passado, Rossi deu um show de superação ao subir em sua YZR-M1 e participar do GP de Aragón menos de um mês depois de quebrar a perna enquanto treinava em uma pista off-road.

“Estou bem orgulhoso, porque uma semana atrás eu não sabia se teria condições de correr. Eu sabia que iria sofrer na segunda metade da prova. Senti dor e também tive problemas com o desgaste do pneu”, disse o piloto depois da prova. Para 2018, Rossi quer voltar ao topo, uma vez que venceu apenas uma prova, em Assen, na Holanda, na última temporada.

Ontem, dia 15, saiu o anúncio de que o italiano renovou com a Yamaha por mais dois anos. “Eu sei que vai ser difícil e vai requerer muito esforço e muito treino da minha parte, mas eu estou pronto! O que não está me faltando é motivação e é por isso que estou assinando para mais dois anos”, comentou o VR46.

MotoGP, Franco Morbidelli, Valentino Rossi, Jorge Lorenzo, Andrea Dovizioso, Marc Márquez, Dani Pedrosa, Mundial de Motovelocidade, Revista Motociclismo, Motociclismo Online, Motociclismo, Catar, Losail, Eric Granado, Tailândia, BuriramMarc Márquez, o homem a ser batido

Depois de travar um duelo com Andrea Dovizioso pelo título de campeão em 2017, Marc Márquez chega à temporada atual como um dos favoritos e com o status de piloto a ser batido. O piloto da Honda completou 25 anos em fevereiro e é o mais jovem da história a se consagrar seis vezes campeão do mundo em diferentes categorias.

E se depender do entusiasmo dele, 2018 tem tudo para ser um bom ano, tanto é que ele já renovou contrato para mais dois. “Estou ansioso para continuar correndo pela equipe de fábrica da Honda na MotoGP. Tenho orgulho de ser um membro da família Honda e agradeço o quanto a marca e a equipe fazem o seu melhor para me dar tudo que eu preciso. Eu também quero agradecer a todos que vem me dando apoio ao longo dos anos e agora que os dois primeiros testes oficiais foram bem e estou com meu contrato renovado, eu posso focar em correr nessa próxima temporada”, disse o piloto de 25 anos.

Tanto Marc Márquez quanto Dani Pedrosa estarão ao guidão da RC23V, que recebeu algumas melhorias em relação à temporada passada, como um chassi mais rígido.

MotoGP, Franco Morbidelli, Valentino Rossi, Jorge Lorenzo, Andrea Dovizioso, Marc Márquez, Dani Pedrosa, Mundial de Motovelocidade, Revista Motociclismo, Motociclismo Online, Motociclismo, Catar, Losail, Eric Granado, Tailândia, BuriramEric Granado volta à Moto2

Não é só da MotoGP que vive o aficionado por motovelocidade e, neste ano, os brasileiros terão mais um motivo para assistir às corridas da Moto2, a categoria de acesso do Campeonato. Depois de um ano incrível, no qual venceu tanto o Superbike Brasil quanto o Europeu de Moto2, Eric Granado está de volta ao Mundial pela equipe Forward Racing. Ao lado dele, estará o italiano Stefano Manzi, oriundo da VR46 Riders Academy, a escola de pilotos de Valentino Rossi.

“Estou realmente muito feliz por ter a chance de voltar ao mundo do Moto2 depois de vencer o título do Campeonato Europeu. Durante os testes, quero fazer o maior número de voltas possível para acumular quilometragem e chegar competitivo na primeira corrida no Catar”. Em fevereiro, durante a apresentação da equipe em Milão, na Itália, Granado aproveitou o momento para agradecer a Giovanni Cuzari pela oportunidade. “Eu realmente quero agradecer a toda a equipe, especialmente Giovanni, pela grande oportunidade e por todos os patrocinadores que nos dão o melhor apoio”, finalizou.

MotoGP, Franco Morbidelli, Valentino Rossi, Jorge Lorenzo, Andrea Dovizioso, Marc Márquez, Dani Pedrosa, Mundial de Motovelocidade, Revista Motociclismo, Motociclismo Online, Motociclismo, Catar, Losail, Eric Granado, Tailândia, BuriramA batalha de Lorenzo

Prestes a entrar em seu segundo ano na Ducati, Jorge Lorenzo não tem muitas boas lembranças do seu debute na marca italiana. Campeão mundial com a Yamaha em 2010, 2012 e 2015, Lorenzo subiu ao pódio apenas três vezes em 2017, sendo duas em terceiro lugar, na Espanha, e uma em segundo (Malásia). Durante a temporada, o piloto espanhol teve problemas em se entender com a Desmosedici GP e chegou entre os dez primeiros em sete das 18 provas da temporada.

Empenhado, Jorge Lorenzo quer deixar o ano de estreia para trás e voltar a ser um dos melhores do mundo na competição. “Andrea e a Desmosedici GP mostraram que nós temos tudo no lugar para tentar vencer o campeonato. E eu acredito que tenho a força e a experiência necessários para lutar ao lado dele por esse objetivo”, disse. Toda essa motivação já se refletiu na pista, com o melhor tempo durante os treinos oficiais em Sepang, na Malásia, no fim de janeiro deste ano.

Mas, no treino seguinte, no estreante circuito de Buriram, na Tailândia, JL99 deixou claro que as coisas não estão fáceis pra ele com a moto italiana. “Infelizmente para mim foram três dias complicados. Eu não me senti bem com a GP18 e acabei treinando com a moto do ano passado”, disse ele, que ainda concluiu dizendo que a moto atual tem um grande potencial.

MotoGP, Franco Morbidelli, Valentino Rossi, Jorge Lorenzo, Andrea Dovizioso, Marc Márquez, Dani Pedrosa, Mundial de Motovelocidade, Revista Motociclismo, Motociclismo Online, Motociclismo, Catar, Losail, Eric Granado, Tailândia, BuriramFranco Morbidelli estreia na MotoGP

O ano de 2018 também marca o debute do italiano Franco Morbidelli na MotoGP. O piloto, que foi campeão na Moto2 ano passado, estreia na categoria máxima do Mundial pilotando a Honda da equipe Estrella Galicia e terá como companheiro de equipe o vice-lider da categoria de acesso, o suíço Thomas Luthi.

Morbidelli é filho de mãe brasileira e já homenageou o País com estampas alusivas no macacão e capacete. Em evento realizado aqui no Brasil por sua patrocinadora, o piloto mostrou sua admiração pelo País e até revelou o desejo de competir nas pistas nacionais. “Todos sabem minha ligação com o país e me sinto um pouco brasileiro. É muito especial estar aqui no Brasil, que é o país da minha mãe, e sentir o carinho dos torcedores. Espero voltar mais vezes, quem sabe um dia para correr”, falou o piloto. É só chegar, Franco!

PROVAS DO MUNDIAL DE MOTOVELOCIDADE 2018

  • 18 de março / Circuito de Losail – Catar
  • 08 de abril / Termas de Rio Hondo – Argentina
  • 22 de abril / Circuito das Américas – Estados Unidos
  • 06 de maio /Circuito de Jerez – Espanha
  • 20 de maio / Circuito de Le Mans – França
  • 03 de junho / Autódromo de Mugello – Itália
  • 17 de junho / Circuito de Barcelona-Catalunha – Espanha
  • 01 de julho / Circuito de Assen – Holanda
  • 15 de julho / Sachsenring – Alemanha
  • 05 de agosto / Autódromo de Brno – República Checa
  • 12 de agosto / Red Bull Ring-Spielberg – Áustria
  • 26 de agosto / Circuito de Silverstone – Grã-Bretanha
  • 09 de setembro / Circuito Marco Simoncelli-Misano – Itália
  • 23 de setembro / Autódromo de Aragón – Espanha
  • 07 de outubro / Circuito Internacional Chang-Buriram – Tailândia
  • 21 de outubro / Twin Ring Motegi – Japão
  • 28 de outubro / Circuito de Phillip Island – Austrália
  • 04 de novembro / Circuito Internacional de Sepang – Malásia
  • 18 de novembro / Circuito Ricardo Tormo – Espanha

Comentários


Motociclismo Online

Motociclismo Online

error: Content is protected !!