Honda, seis cilindros, retrô, racer, Yamaha, XSR 900 Abarth, BMW, naked, R 1200 NineT Racer, EVO 6, EICMA, Salão de Colônia, Salão de Milão, CBX, clássica, motociclismo, Motociclismo Online, Revista Motociclismo, café racer
Notícias

Honda está trabalhando em modelo retrô de seis cilindros

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 05/07/2018
  • Atualizado: 23/07/2018 às 19:01
  • Por: Redação

Honda, seis cilindros, retrô, racer, Yamaha, XSR 900 Abarth, BMW, naked, R 1200 NineT Racer, EVO 6, EICMA, Salão de Colônia, Salão de Milão, CBX, clássica, motociclismo, Motociclismo Online, Revista Motociclismo, café racerDe acordo com a imprensa internacional, a Honda tem planos para agitar ainda mais o segmento de modelos clássicos com pegada retrô. E, se depender das imagens que eles submeteram a um escritório norte-americano de registro de patentes, vão conseguir. As renderizações 3D do modelo, que está registrado com a nomenclatura CBX, dão conta de uma café racer com bolha equipada com motor de seis cilindros em linha de arrefecimento líquido. O projeto se assemelha bastante à BMW R 1200 NineT Racer e à Yamaha XSR 900 Abarth, ambas disponíveis na Europa.

Ainda sem informações sobre a capacidade cúbica ou instrumentação, outro ponto de destaque é a tripla ponteira de escape dos dois lados, que deixam a moto muito parecida com a RC 166 da década de 1960, que também trazia a arquitetura hexacilíndrica, mas em um motor de 250 cm³, que chegava a 66 cv de potência em impressionantes 20 000 rpm.

Esperamos ter notícias oficiais do modelo o quanto antes. Principalmente em um ano no qual temos os dois maiores salões de moto do mundo: o Intermot, que acontece em Colônia, na Alemanha em outubro e o EICMA, que abre as portas na cidade italiana de Milão no mês seguinte. Lembrando que foi na Itália que a Honda lançou três modelos da família CB com pegada retrô, incluindo a bela CB 1000R.

Mas, vale lembrar que não é de hoje que a Honda está mirando o hexa entre as nakeds. Em 2007, a marca japonesa tentou emplacar uma moto musculosa de seis cilindros, a EVO 6, que trazia um belo design futurista e era equipada com o mesmo motor boxer da Gold Wing, com 1 800 cm³. A maxinaked, que nunca chegou ao mercado, ainda trazia um sistema de câmbio automático incorporado também em outro modelo da marca, a finada sport-touring DN-01. Será que esse modelo retrô vai ter sucesso onde a moderna não conseguiu e chegar às concessionárias?

Deixe seu Comentário

Conteúdo Recomendado

Comentários

[Fancy_Facebook_Comments_Pro language="pt_BR"]