Card image
Notícias
Conceito RS 660 é cartada da Aprilia entre as médias

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 13/11/2018
  • Atualizado: 13/11/2018 às 14:35
  • Por: Carlos Bazela

RS 660, EICMA 2018, Salão de Milão, média cilindrada, moto, superesportiva, Aprilia, RSV4 RF Limited Edition, RSV4, V4, Muldial de Motovelocidade, MotoGP, Grande Prêmio das Américas, Loris Reggiani, AF1 250, RS-GP, Tuono, RSV4 Factory, RSV4

Se teve uma coisa que a última edição do EICMA, o Salão de Milão, que terminou no último domingo, na Itália, é que as marcas estão de olho no mercado de média cilindrada, uma forma de atrair os motociclistas mais jovens, que estão evoluindo ao guidão. Pensando nisso, a Aprilia apresentou a esportiva conceitual RS 660.

No design, linhas inspiradas pela RSV4, mas ainda mais refinadas, que passam a impressão de uma moto esguia e ágil, que pode ser uma boa tanto para os deslocamentos diários e trechos de estrada, quanto para um trackday ocasional, segundo a marca. Também é possível ver entradas de ar proeminentes nas laterais e na frente, mostrando que a moto passou mesmo por um estudo complexo de aerodinâmica como diz a Aprilia.

RS 660, EICMA 2018, Salão de Milão, média cilindrada, moto, superesportiva, Aprilia, RSV4 RF Limited Edition, RSV4, V4, Muldial de Motovelocidade, MotoGP, Grande Prêmio das Américas, Loris Reggiani, AF1 250, RS-GP, Tuono, RSV4 Factory, RSV4

Veja também:
Aprilia revela edição limitada da RSV4 RF com asas laterais
Iannone vai correr pela Aprilia na MotoGP em 2019
Morre Ivano Beggio, fundador da Aprilia

A Aprilia anida afirma que os dois semi-guidões montados mais alto, as pedaleiras e o assento oferecem posição de pilotagem confortável. A leveza fica por conta do quadro feito em alumínio, assim como a balança. Esta, por sua vez, tem contornos assimétricos para permitir a passagem do escape do lado direito, garantindo as formas compactas da moto.

RS 660, EICMA 2018, Salão de Milão, média cilindrada, moto, superesportiva, Aprilia, RSV4 RF Limited Edition, RSV4, V4, Muldial de Motovelocidade, MotoGP, Grande Prêmio das Américas, Loris Reggiani, AF1 250, RS-GP, Tuono, RSV4 Factory, RSV4

Entretanto, o grande trunfo da RS 660 é o motor. O bicilíndrico paralelo de 660 cm³ é exatamente a metade do propulsor V4 de 1 100 cm³, que equipa modelos maiores da marca, como a naked Tuono e a própria superesportiva RSV4 Factory. A arquitetura foi escolhida por ser eficiente, passar menos calor ao piloto e também por suas dimensões compactas. A marca italiana, aliás, já sinalizou que este motor deverá ser equipado em outras motos no futuro.

Por enquanto, ainda não sabemos quais itens de eletrônica foram colocados na nova esportiva. Mas, não deve ser nada muito complexo. Afinal, se o plano para essa moto é agitar não só o mercado europeu, mas também Ásia e America, como a Aprilia já sinalizou, ela vai precisar ser competitiva em termos de preço. De qualquer forma, o desenvolvimento da RS 660 é algo para se acompanhar de perto em 2019.

RS 660, EICMA 2018, Salão de Milão, média cilindrada, moto, superesportiva, Aprilia, RSV4 RF Limited Edition, RSV4, V4, Muldial de Motovelocidade, MotoGP, Grande Prêmio das Américas, Loris Reggiani, AF1 250, RS-GP, Tuono, RSV4 Factory, RSV4

RS 660, EICMA 2018, Salão de Milão, média cilindrada, moto, superesportiva, Aprilia, RSV4 RF Limited Edition, RSV4, V4, Muldial de Motovelocidade, MotoGP, Grande Prêmio das Américas, Loris Reggiani, AF1 250, RS-GP, Tuono, RSV4 Factory, RSV4