Card image
Especiais
Britânica Royal Enfield inicia vendas em abril no Brasil

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 01/03/2017
  • Atualizado: 01/03/2017 às 18:03
  • Por: admin

<p><strong>A britânica Royal Enfield</strong>, uma das fabricantes de motos mais antigas do mundo está de volta ao país e aposta em um nicho sem concorrentes para conquistar seu espaço.</p>

<p>A marca abre em abril as portas da primeira concessionária no país, instalada na capital paulista, no bairro de Moema. <strong>A Royal Enfield foi uma das marcas que mais cresceu em vendas no mundo em 2016</strong>, e vem investindo muito na reformulação de sua linha.</p>

<p><img alt="Bullet 500, a mais acessível entre as Royal Enfield" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/bullet500_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Ela volta a operar no Brasil apostando em um segmento inexplorado por aqui: o de modelos clásssicos no design, mas que também adotam conjuntos mecânicos simples e que remetem aos sanoss 1960 — mas, claro, com a confiabilidade exigida hoje e atendendo às normas e emissões vigentes.</p>

<p>Apuramos os preços — uma grande dúvida dos motociclistas —, que ainda não foram divulgados oficialmente. Inicialmente serão comercializados três modelos: <strong>Bullet 500</strong>, por R$ 19.000.<strong> Classic 500</strong>, com preço entre R$ 20.000 e R$ 22.000, <strong>dependendo da pintura</strong> e a café racer <strong>Continental GT 535</strong>, por R$ 23.000.</p>

<p><img alt="Classic 500, modelo principal da marca, que será comercializado com diferentes pinturas (e preços)" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/classic500_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p><strong>Bullet</strong> e<strong> Classic</strong> compartilham o chassi de berço simples e o motor, um monocilíndrico de 499 cm³, arrefecido a ar. São 26,1 cv de potência máxima para a Bullet e 27,2 cv para a Classic. O ponto forte deste motor está no excelente torque de 4,2 kgf.m a apenas 4.000 rpm (uma Honda CB 500F tem 4,5 kgf.m a 7.000 rpm). </p>

<p><img alt="Continental GT, a café racer da Royal Enfield" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/continental535_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>A<strong> Continental </strong>traz uma ciclística mais caprichada, com chassi de berço duplo, suspensões e pneus mais esportivos. O motor de 535 cm³ (também monocilindrico e a ar) entrega 29,1 cv e 4,5 kgf.m a 4.000 rpm.</p>

<p><img alt="Hymalaian, mais novo modelo da Royal Enfield" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/himalayan_royal_enfield__620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>A trail Hymalaian foi apresentada no Salão de Milão 2017 e está prevista para o Brasil no segundo semestre, provavelmente fazendo sua primeira aparição durante o Salão Duas Rodas. <strong>Vamos aguardar.</strong></p>