Card image
Competições
Quartararo voa no Q2 e fatura pole da MotoGP na Catalunha

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 15/06/2019
  • Atualizado: 15/06/2019 às 10:24
  • Por: Leonardo Marson

Fabio Quartararo conquistou neste sábado (15) a pole position para o Grande Prêmio da Catalunha, sétima etapa da temporada 2019 da MotoGP. Em um dia de muito calor no Circuito de Barcelona, em Montmeló, o piloto da SIC, equipe satélite da Yamaha, apareceu na metade final do Q2 para anotar 1min39s484, garantindo sua segunda posição de honra no atual campeonato.

A segunda posição no grid ficou com Marc Márquez, piloto da Honda que acabou apenas 0s015 atrás do tempo obtido por Quartararo. A primeira fila ainda contará com Maverick Viñales, piloto da equipe oficial da Yamaha e que chegou a liderar a fase final da classificação. Franco Morbidelli, com a outra Yamaha da SIC, parte da quarta posição, sendo seguido por Valentino Rossi, companheiro de Viñales. Andrea Dovizioso, da Ducati, fecha o top-6.

Vencedor do Grande Prêmio da Itália, Danilo Petrucci largará da sétima posição com a Ducati, e dividirá a terceira fila em Barcelona com Álex Rins, que caiu durante a fase final da classificação e terminou em oitavo, e Cal Crutchlow, piloto de uma Honda preparada pela LCR. Jorge Lorenzo, da Honda, parte em décimo, logo à frente de Joan Mir, da Suzuki, e Pol Espargaró.

Entre os pilotos que não se classificaram para o Q2, Francesco Bagnaia e Jack Miller decepcionaram, e largarão em 13º e 14º, respectivamente, ambos com Ducatis preparadas pela Pramac. Takaaki Nakagami, com uma Honda da LCR, partirá apenas da 16ª posição, enquanto Andrea Iannone, com uma Aprilia, fechará o grid com a 24ª colocação.

O Grande Prêmio da Catalunha de MotoGP será disputado neste domingo (16), a partir das 9h, e terá transmissão dos canais Sportv.

Confira como foi a classificação

Q1
Os pilotos que não se garantiram entre os dez primeiros no combinado de tempos dos três primeiros treinos livres do final de semana partiram para a pista do Circuito de Barcelona às 9h10, pelo horário de Brasília. Jack Miller se colocou na liderança no início da fase, mas sofreu uma queda com a Ducati preparada pela Pramac, sendo obrigado a voltar aos boxes.

Aleix Espargaró colocou a Aprilia na liderança, mas logo foi superado por Takaaki Nakagami, que anotou 1min40s372 com a Honda da LCR, enquanto Francesco Bagnaia se colocou em segundo com a outra Ducati da Pramac. Restando dois minutos para o final, Franco Morbidelli apareceu com uma volta voadora, anotano 1min39s727 com a Yamaha da SIC.

Bagnaia voltou ao segundo lugar, derrubando Nakagami da zona de classificação, mas deixou a segunda posição ao ver Joan Mir anotar 1min40s012 com a Suzuki. Os pilotos partiram para a última tentativa de volta rápida, mas ninguém conseguiu melhorar o tempo. Melhor para Morbidelli e Mir, que avançaram para o Q2 e, consequentemente, para a disputa da pole position.

Q2

A rodada final da classificação começou com Márc Márquez tomando a liderança, mas Maverick Viñales, com a Yamaha, anotou 1min40s007 para tomar a primeira posição nos minutos iniciais. Álex Rins, com a Suzuki, avançou para a segunda colocação, enquanto Franco Morbidelli apareceu em terceiro. Márquez quebrou a barreira de 1min40s ao marcar 1min39s898 com a Honda.

Morbidelli mostrou força e tomou a liderança com 1min39s711, ficando à frente de Fabio Quartararo, seu companheiro de SIC. Vencedor do GP da Itália há 15 dias, Danilo Petrucci colocou a Ducati na terceira posição, mas caiu de sua moto quando restavam oito minutos para o encerramento do treino. Valentino Rossi abriu uma volta rápida, mas acabou atrapalhado por Andrea Dovizioso, e marcou apenas o sexto tempo.

Os pilotos foram aos boxes e retornaram à pista quando restavam cinco minutos para o encerramento da sessão classificatória. Álex Rins, que vinha com uma volta rápida, caiu na curva dez quando restavam dois minutos, enquanto Viñales anotou 1min39s710 para tomar a liderança. Neste momento, Quartararo registrou 1min39s484 para assumir a ponta da folha de tempos.

O treino foi para o minuto final com os pilotos partindo para a última volta rápida, mas o que se viu foi ninguém melhorar o tempo. Melhor para Quartararo, que conquistou a pole position.