Responsive Menu
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Indian confirma produção da FTR 1200

Autor: Carlos Bazela


Indian Motorcycle, FTR 1200, FTR 1200 Custom, motos, flat tracker, flat track, FTR 750, EICMA, Salão de Motos de Milão, Salão de Milão, Scout, Bobber, V2, custom, Scout Bobber, Estados Unidos, América do Norte, Brasil, França, Wheels &WavesNão é mais mistério! A Indian vai mesmo produzir a radical flat tracker FTR 1200 e lançá-la no mercado em 2019. O anúncio oficial foi feito no festival Wheels and Waves, realizado neste fim de semana na França, onde alguns convidados da marca puderam ver uma versão pré-produção da moto a portas fechadas. “Quando nós revelamos a FTR 1200 Custom no EICMA, o Salão de Motos de Milão, nós dissemos que iríamos ouvir o feedback dos motociclistas ao redor do mundo”, disse Steve Menneto, presidente da Indian Motorcycle. “Eles falaram e a maioria esmagadora disse sim. Estamos orgulhosos e ansiosos em anunciar que vamos colocar a FTR 1200 em produção”, disse o executivo.

A flat tracker de rua, que é feita utilizando a FTR 750 de competição como base, ainda traz o mesmo motor bicilíndrico em “V” de 1 133 cm³ arrefecido a líquido, presente na Scout e na Scout Bobber, que de acordo com a marca supera os 100 cv de potência máxima. Montada em um quadro treliçado de aço, a FTR 1200 conta com equipamentos refinados, como suspensões totalmente ajustáveis da Öhlins, pneus Dunlop DT3, orientado para pistas de terra batida, freios Brembo e peças em fibra de carbono. Mas, quando as especificações do modelo de rua saírem, nós saberemos quais destes itens foram mantidos.

Indian Motorcycle, FTR 1200, FTR 1200 Custom, motos, flat tracker, flat track, FTR 750, EICMA, Salão de Motos de Milão, Salão de Milão, Scout, Bobber, V2, custom, Scout Bobber, Estados Unidos, América do Norte, Brasil, França, Wheels &WavesMudanças no modelo final, aliás, já foram confirmadas pelo designer sênior da Indian, Rich Christoph. “Queríamos ter certeza de que a FTR 1200 não vai ser só uma cópia da FTR 1200 Custom – o conceito que saiu em turnê. Mas, algo unicamente feito para rua, embora seja inspirada no flat track”, disse.

Esperamos que a Indian não mexa muito e a moto seja o mais parecida possível com o conceito que vem fazendo sucesso dentro e fora dos Estados Unidos.Será que é muito cedo pra sonhar com ela disponível aqui no Brasil, onde a Indian já traz as versões standard e Bobber da Scout, ambas partindo de R$ 49 990.

Comentários