Card image
Notícias
Vendas de motos superam expectativas em 2018

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 11/01/2019
  • Atualizado: 11/01/2019 as 17:46
  • Por: Carlos Bazela

vendas de motos, Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, Abraciclo, mercado, números, 2018, vendas de moto, vendas, MDIC, produção, balanço, fechamento 2018, projeções 2019, motocicletas, motociclismo, Revista Motociclismo, Motociclismo Online

O mercado de motocicletas não só fechou 2018 no azul, como superou as expectativas do ano. Segundo dados divulgados nesta semana pela Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares), as vendas no varejo, com base nos dados do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) bateram 940 108 unidades, representando um crescimento de 10,5% no ano que passou.

O número é um pouco maior do que as 939 mil unidades que a entidade havia projetado para 2018 e quebrou um ciclo de sucessivas quedas anuais. E, segundo a Abraciclo, os scooter continuam se destacando no mercado, com crescimento de 22,7% nos emplacamentos em relação a 2017. Ao todo, foram comercializadas 67.937 unidades no ano passado, ante 55.374 unidades em 2017.

Veja também:
Mercado de motos fecha 2018 no azul
Vendas de motos seguem em expansão em outubro
Mercado: Produção e vendas de moto em crescimento

vendas de motos, Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, Abraciclo, mercado, números, 2018, vendas de moto, vendas, MDIC, produção, balanço, fechamento 2018, projeções 2019, motocicletas, motociclismo, Revista Motociclismo, Motociclismo Online

Nos números por região, o Sudeste ultrapassou o Nordeste em emplacamentos, acumulando 332 078 unidades contra 302 325. Mas, a região que mais cresceu em vendas de motos foi a Sul, que saltou de 82 295 unidades vendidas em 2017 para 102 406 em 2018, uma variação de 24%. Já o Centro-Oeste foi onde menos se vendeu motos no Brasil ano passado e registrou 93 898 emplacamentos.

Entretanto, o Estado no qual se viu maior variação percentual nas vendas de motocicletas em todo o País, com 19.680 unidades emplacadas, correspondendo a um crescimento de 33,1% em relação a 2017 (14.786 unidades), foi Alagoas. O segundo com maior crescimento de emplacamentos em 2018 foi o Paraná com 27% de aumento sobre 2017, totalizando 42.961 unidades. Na sequência, veio Santa Catarina com 23,3% (32.260 unidades), depois Rio Grande do Sul com 21,9% (27.185 unidades) e Mato Grosso com 20,7% (36.992 unidades).

Para este ano, a entidade segue otimista, mas cautelosa. “Estamos confiantes no aumento dos negócios, mas é necessário aguardar os impactos das medidas que serão implementadas pelo novo governo”, comenta Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo. As projeções são de que 2019 termine com 998 mil motocicletas comercializadas.

Fotos: iStock Photos