Responsive Menu
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

UJET é o scooter que facilita sua vida até fora da rua

Autor: Carlos Bazela


Até o dia 12 de janeiro, Las Vegas, a capital norte-americana do entretenimento, recebe a CES, tradicional feira de inovações para consumidores com foco em tecnologia e inovações para facilitar a vida das pessoas. E como facilitar a vida é praticamente um sinônimo dos scooters, é claro que há algumas opções nesse segmento nos corredores da feira.

O destaque vai para o UJET, um modelo elétrico com design futurista, no qual chamam a atenção o perfil esguio e pelas rodas de estilo orbital, as quais o cubo é fixo e apenas os pneus rodam. idealizado pela empresa de mesmo nome localizada em Luxemburgo, o pequeno país europeu que faz fronteira com França, Bélgica e Itália.

As linhas arrojadas do UJET não são mero design, uma vez que favorecem sua proposta de praticidade: ele é dobrável para ocupar pouco espaço em casa e o conjunto de baterias pode ser removido e transportado para qualquer lugar como uma mala comum graças a uma alça e rodinhas.

O UJET tem motor com potência equivalente a 4 cv, o suficiente para atingir uma velocidade de 45 km/h. A autonomia varia entre 70 e 150 quilômetros, dependendo do conjunto de baterias adquirido. O scooter, aliás, é quase todo customizável e o dono pode escolher se quer a bateria com desenho liso ou com arestas, o que eles chamam de “diamond”. A bateria ainda pode servir para alimentar outros dispositivos, como smartphones e notebooks. Além do visual, a altura do assento também é feita sob medida com uma quantidade de espuma para pessoas com até 1,70 m de altura e outra para quem for mais alto.

No painel, cuja tela é escamoteável, mais modernidade: o computador de bordo se conecta ao smartphone, que utiliza um aplicativo especial (disponível para Android e iOS) para gerir as funções do scooter e acessar outras como o player de música, GPS e controle por voz. Além disso, o UJET ainda traz modernos pneus desenvolvidos especificamente para ele, que utilizam nanotecnologia para aumentar a aderência.

A boa notícia – para os europeus – é que o UJET já pode ser adquirido, embora os preços sejam um tanto salgados. Vendido unicamente pelo site da empresa, o scooter está disponível em duas configurações: a equipada com bateria com autonomia para 70 km sai por 8 690 euros, o equivalente a R$ 33 500 em conversão direta. Já o equipado com o conjunto que garante rodar por até 150 km custa 9 890 euros (quase R$ 40 mil).

A título de comparação, um Yamaha XMAX 300 custa por volta de 6 mil euros (pouco mais de R$ 23 mil) na vizinha Bélgica. Mas, é possível que uma produção em escala maior ajude a baratear o produto. Afinal, com as regras de emissões de poluentes ficando cada vez mais rígidas no Velho Mundo, demanda é o que não vai faltar.

Comentários


Motociclismo Online

Motociclismo Online

error: Content is protected !!