Responsive Menu
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Kortezh, guarda de Puttin, bagger, blindada, futurista, Izh, Kalashnikov, AK-47, arma, fuzil, russos, russa, marca russa, Rostec, Rússia, Sergei Chemezov, presidente Vladimir Putin, Vladimir Putin, 2019, moto, custom, vídeo, motociclismo, Revista Motociclismo, Motociclismo Online

Guarda de Putin vai receber bagger blindada e futurista

Autor: Carlos Bazela


Kortezh, guarda de Puttin, bagger, blindada, futurista, Izh, Kalashnikov, AK-47, arma, fuzil, russos, russa, marca russa, Rostec, Rússia, Sergei Chemezov, presidente Vladimir Putin, Vladimir Putin, 2019, moto, custom, vídeo, motociclismo, Revista Motociclismo, Motociclismo Online A guarda pessoal do presidente russo Vladimir Putin está para receber uma frota de motos digna dos filmes de ficção científica. Ainda sem um nome oficial, os modelos estão sendo simplesmente chamados de Kortezh, palavra russa para “cortejo”, em alusão à sua função, e chamam a atenção pelas linhas angulosas e futuristas. Com visual que se assemelha ao de uma bagger, a moto é inteira coberta. Desde os cabeçotes dos cilindros opostos até as rodas por uma carenagem blindada.

Como um bom projeto russo, os dados sobre o modelo até o momento são escassos, mas o que conseguimos descobrir é que a Kortezh utiliza um motor a combustão – diferente do que acreditávamos quando a vimos pela primeira vez – e traz números superlativos. Segundo a Izh, marca que pertence ao Grupo Kalashnikov, os mesmos responsáveis pelo fuzil AK-47, a moto pesa 510 kg, pode chegar até 250 km/h e acelera de 0 a 100 km/h em apenas 3,5 segundos.

A capacidade cúbica do propulsor boxer não foi divulgada, mas o que sabemos é que ele produz até 150 cv de potência e o torque máximo é de impressionantes 18,3,kgf.m. Para demonstrar a maneabilidade da Kortezh, a Kalashnikov gravou um vídeo no autódromo de Sochi. Veja:

Se você já se imaginou ao guidão da bagger futurista russa, nós temos uma boa notícia. A moto será vendida ao público e seu nome, bem como preço, ainda serão anunciados. Sergei Chemezov, CEO da Rostec, empresa estatal que conrola o conglomerado da Kalishnikov confirmou a informação ao site Sputinik News. “Nós planejamos vender a moto no mercado aberto por meio da marca Izh, que remete aos tempos da União Soviética e pertence atualmente à nossa subsidiária Kalashnikov, que trabalhou no novo veículo”, disse.

O executivo ainda deixou claro que o visual do modelo civil não será muito diferebte da moto presidencial. “Nós definitivamente vamos usar o design e as soluções técnicas que empregamos na Kortezh”, finalizou Chemezov. A produção está prevista para começar em 2019.

Comentários


Motociclismo Online

Motociclismo Online

error: Content is protected !!