Brasil Motorcycle Show cresce e se reinventa para quarta edição

Autor: Marcelo Barros


“O evento feito para unir motociclistas de todos os estilos,” assim é como começa a apresentação do Brasil Motorcycle Show, evento de motos, no seu site oficial (bmsmotorcycle.com.br). Criado em 2013, e com edições também em 2014 e 2016 no Expo Renault, dentro do Parque Barigui, em Curitiba, o evento desde sua primeira edição prezou por dar espaço para customizadores de moto e ter atrações realmente boas para quem é fã de motos. Para a quarta edição, que será realizada de 17 a 19 de agosto, muitas novidades que tornam o BMS (abreviação que a organização passou a usar na divulgação) ainda mais atrativo!

BMS de casa nova

O evento sai do Expo Renault e vai para a Usina 5, novo espaço para eventos multiculturais, também em Curitiba, utilizando a estrutura de uma antiga fábrica de açúcar, devidamente revitalizada (e estilizada com belos grafites) para os novos eventos. O espaço tem mais de 50 mil m² e para o BMS 2018 a organização que usar ele inteiro. “O local já é o grande diferencial desta edição e possui um cenário único, proporcionando um evento que com certeza trará experiências nunca antes sentidas no mundo duas rodas. Junto com todos os espaços, estamos montando locais próprios para os visitantes estacionarem suas motos, do lado das principais atrações, permitindo mais conforto e segurança”, comenta Bruna Wladyka, diretora de marketing do evento.

Com o amplo espaço, a organização vai deixar as atrações bem divididas, assim, cabe ao motociclista escolher o que mais agrada — outro diferencial do BMS. Um pavilhão será dedicado aos tradicionais expositores, fabricantes de motos, concessionários, fabricantes de acessórios, entre outros produtos e serviços ligados ao mundo da moto.

O espaço Freedom Riders, projeto que começou bem humilde em 2013, cresceu e terá uma área com mais de 1000 m². Neste espaço, destinado para customizadores — a maioria participa das disputas no dirty track —, grandes nomes do Brasil confirmaram presença, como Bendita Macchina, Célio Dobrucki, Johnnie Wash, Lucky Friends Choppers Garage e Shibuya Garage. A organização ainda espera que mais customizadores participem, incluindo estrangeiros.

Atrações para todos os gostos

Além das tradicionais atrações, como show de motocross estilo livre e provas de habilidade organizadas pelo H.O.G. de Curitiba, as grandes novidades em 2018 são o Wall of Death, que estreou no Salão Duas Rodas, fazendo muito sucesso com as manobras desafiadoras acelerando com 90 graus de inclinação do chão e a competição na pista de Dirty Track, montada no espaço do evento, onde será realizada uma disputa entre pilotos, competindo com motos custom, devidamente preparadas para acelerar no circuito oval de terra. Sem dúvida, essa é uma atração imperdível do BMS 2018. Abaixo, você confere o mapa de como será o evento.

O evento também contará com espaço dedicado a tatuagem, muitas opções para se alimentar nos food trucks, além de três bares espalhados pelo evento, com chopp e diversas cervejas artesanais. Para os fãs de boa música ao vivo, nesta edição, o palco está melhor posicionado, separados dos expositores, e terá muitas apresentações durante os três dias do evento. Para quem gosta de moto e de skate, o evento terá uma pista de skate, mostrando que cada vez mais essas duas vertentes estão ligadas.

“O BMS 2018 será um evento para a família, com exposições, música, negócios, gastronomia, atrações de acrobacias, customização, que vem crescendo mais e mais no Brasil, e outros segmentos que são conectados com a motocultura, como skate e tattoo, além de apresentações exclusivas do famoso muro da morte (Wall of Death). É feito para unir motociclistas de todos os estilos durante três dias de encontro”, explica Cezinha Mocelin, organizador do evento.

“Esquenta” do BMS 2018

No dia 1º de fevereiro, foi realizada no Usina 5 — em espaço reduzido — uma festa de lançamento do evento para convidados e a MOTOCICLISMO estava presente. Motos customizadas expostas, bar estilizado, comida saborosa por conta da galera do Lucky Wings, de Sorocaba, além das apresentações do insano Wall of Death e a competição de Dirt Track, com emocionante final, vencida pelo piloto local Marcelo Rodrigo, mostraram aos convidados que a organização está engajada em fazer bonito em 2018! O clima era de um grande reencontro de velhos amigos, que compartilham a mesma paixão: as motos.

A Usina 5 fica na Rua Constantino Bordignon, 5, no Bairro Prado Velho, em Curitiba (PR). Para saber mais sobre o BMS 2018, acesse http://bmsmotorcycle.com.br. A MOTOCICLISMO estará presente neste evento!

Fotos: Ebraim Martin e Marcelo Barros


Comentários