Card image
Competições
Ton Kawakami vai competir no Mundial Supersport 300 em 2019

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 18/12/2018
  • Atualizado: 18/12/2018 as 20:20
  • Por: Marcelo Barros

ton kawakami, kawakami, piloto, piloto yamaha, yamaha r3, mundial de superbike, mundial supersport 300, supersport 300, ssp300, yamaha r3, yamaha, corrida de moto, motociclismo, revista motociclismo, motociclismo online

Além do talentoso Eric Granado representando o Brasil no Mundial de Motovelocidade, na categoria MotoE, de motos elétricas, agora os fãs brasileiros da modalidade tem mais um motivo para se orgulhar em 2019Com 18 anos, o jovem piloto Ton Kawakami vai competir em 2019 no Mundial de Superbike, na super disputada categoria Supersport 300 (também conhecida como SSP300), com a Yamaha R3!

Experiência de sobra o jovem Kawakami tem, pois se tornou piloto Yamaha em 2016 e foi campeão nas três temporadas disputadas. Foi campeão na R3 Cup em 2016 (categoria Pro), 2017 (categoria Stock) e campeão na categoria Supersport do SuperBike Brasil em 2018 com uma Yamaha R6 — moto que ainda nem é vendida no Brasil — vencendo 8 das 10 provas que disputou. Além do título com a R6, em 2018 Ton participou do treinamento de pilotos na Itália no rancho do nove vezes campeão do mundo Valentino Rossi.

ton kawakami, kawakami, piloto, piloto yamaha, yamaha r3, mundial de superbike, mundial supersport 300, supersport 300, ssp300, yamaha r3, yamaha, corrida de moto, motociclismo, revista motociclismo, motociclismo online

Veja também:
Eric Granado vai competir na MotoE World Cup
Superbike: Ana Carrasco é primeira mulher campeã mundial
Vídeo: Conheça a nova geração da Yamaha MT-07

Para tranquilidade dos fãs brasileiros, Ton é o novo piloto da MS Racing, equipe com suporte oficial de fábrica mais bem-sucedida dentre as equipes que competem de Yamaha YZF-R3, inclusive com um título mundial em 2017 e a melhor equipe Yamaha em 2018 — temporada vencida pela Ana Carrasco, com uma Kawasaki Ninja 400.

Ton utilizará uma Yamaha YZF-R3 equipada com o kit GTYR (Genuine Yamaha Tecnology Racing), composto por suspensões Öhlins — sendo a dianteira com garfo telescópico invertido —, freio dianteiro Brembo, sistema de escapamento Akrapovic, radiador racing de maior volume, e ainda um kit de performance para o motor, dentro do regulamento para a categoria.

“A oportunidade é um sonho, precisei de um tempo para entender e me dar conta do que estava acontecendo. Ainda que o nível do mundial seja altíssimo, tenho a meu favor a grande experiência com a Yamaha R3, o suporte da Yamaha Motor do Brasil e também o da equipe MS Racing, que conquistou a vitória e um terceiro lugar na última corrida de 2018”. E completa: “Vou me dedicar de corpo e alma. Farei valer o esforço de todos os envolvidos, desde a minha família, aos meus patrocinadores”, declarou o jovem piloto Yamaha.

A temporada 2019 do Mundial Supersport 300 terá sete etapas no calendário. A primeira delas acontecerá em Aragão, Espanha, entre os dias 5 e 7 de abril. O piloto, que sempre usou o numeral 27 — inspirado no Casey Stoner — vai competir em 2019 com o numeral 7. Estamos na torcida!